Uma universidade catarinense está no seleto grupo de instituições de ensino superior que atingiram a nota máxima no Índice Geral de Cursos (IGC), avaliação que mede a qualidade de ensino.

Apenas 46 instituições no Brasil inteiro, de um total de 2.070, atingiram tal nota. Percentualmente, esse grupo representa 2,22% do total. Entre elas, 14 são universidades públicas federais e 16 são privadas, mas sem fins lucrativos.

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) está entre elas.

Os dados são referentes ao ano de 2019 e foram divulgados nesta sexta-feira (23) pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira).

A maioria das instituições (1.320) recebeu nota 3. A nota máxima é 5.

A nota é calculada pelo Inep com base na média do CPC (Conceito Preliminar de Curso) dos últimos três anos, a média dos conceitos de avaliação dos programas de pós-graduação e doutorado atribuídos pela Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) e a distribuição dos estudantes entre os diferentes níveis de ensino (graduação, pós-graduação, mestrado ou doutorado).