Foto Eduardo Montecino/OCP News

Foto Eduardo Montecino/OCP News

O Natal está chegando e junto com ele diversas entidades e empresas começam a organizar campanhas solidárias em prol de causas que merecem atenção da população.

Nesse intuito, o Hospital Veterinário Amizade decidiu montar a Árvore Solidária, onde as fotos de 30 cães e gatos estão penduradas junto com os procedimentos que cada um deles precisa receber. Assim cada pessoa que pretende ajudar pode escolher qual animal vai ganhar a sua contribuição.

Segundo a gerente da instituição, Marciele Piccoli, a ideia veio em conjunto com duas protetoras independentes da região para ajudar os tutores que não tem condições de pagar os tratamentos, já que a maioria são apenas lares temporários e alguns dos animais precisam de medicamentos, vacinas, castração e cirurgia.

Para custear esses tratamentos, eles especificaram na árvore qual o procedimento é necessário e qual o valor, assim as pessoas podem decidir entre doar o valor inteiro ou até mesmo uma pequena parte.

Foto Eduardo Montecino/OCP News

Uma das carinhas que figuram na árvore, conta a veterinária e proprietária do hospital, Daniela Brecht, é o gato Bento. Ele levou vários tiros de chumbinho na pata da frente e teve que passar por uma amputação.

“Alguns animais precisam fazer esses procedimentos há algum tempo, mas acabam adiando porque seus tutores não têm condições financeiras para pagar”, enfatiza Marcieli.

Após fazer a doação, cada um vai receber um cartão em forma de bola de natal, com uma foto do animal ajudado, como uma forma de agradecimento pela contribuição.

A campanha começou no final de novembro e segundo a gerente, arrecadou aproximadamente R$ 3 mil. Com data prevista para acabar apenas no dia 25 de dezembro, o valor estimado para pagar todos os tratamentos ultrapassa os R$ 4,7 mil.

Foto Eduardo Montecino/OCP News

“Estamos com uma boa expectativa que vamos conseguir, acho que todos os animais já receberam alguma contribuição”, afirma.

Como hospital já realizou campanhas de conscientização sobre adoção de animais nesse ano, Marcieli lembra que a maioria desses animais estão para adoção e outros estarão disponíveis após realizar os tratamentos.

“Se as pessoas não podem ajudar com o dinheiro, podem se candidatar para adotar algum animal, que serão entregues saudáveis, vacinados e castrados”, conta.

Como ajudar?

Quem tem interesse em ajudar pode ir até o hospital fazer a sua contribuição ou ligar no telefone (47) 3371-2340 e solicitar uma conta para depósito ou transferência bancária. Qualquer valor é aceito

Para a adoção é preciso ligar e pedir informação sobre o animal desejado, que pode estar em lar temporário. Para conhecer cada um deles, basta acessar a página do Facebook.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?