A Secretaria da Saúde começa a distribuir nesta segunda-feira para as 17 unidades descentralizadas de Vigilância Epidemiológica (UDVES) mais de 146 mil doses de vacinas contra a Covid-19 - 5.750 de AstraZeneca e 141 mil de Coronavac.

A carga com os imunizantes chegou ao aeroporto de Florianópolis neste sábado (20) às 8h20, e seguiram para a Central Estadual de Rede de Frio da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE), em São José.

 

 

As 5.750 doses da AstraZeneca/Fiocruz serão destinadas à vacinação de um novo grupo prioritário: os povos e comunidades tradicionais ribeirinhas e quilombolas.

De acordo com o Ministério da Saúde, eles receberão a vacina produzida pela Fiocruz porque o intervalo de aplicação entre a primeira e a segunda dose é de 12 semanas (3 meses), o que facilita o cumprimento do esquema vacinal, tendo em vista que o acesso a essas comunidades pode demandar um pouco mais de tempo e planejamento.