Foram divulgados nesta sexta-feira (23) os resultados do Índice Geral de Cursos 2019 (IGC), um dos indicadores de qualidade da educação superior no Brasil, que é calculado anualmente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP).

A Universidade Regional de Blumenau (FURB) recebeu a nota 4 (o máximo é 5). “É a primeira vez que chegamos nesse resultado”, comemora a reitora Marcia Sardá Espindola.

O INEP analisou mais de 2 mil instituições de ensino superior (IES) do país, o equivalente a 79,3% daquelas ativas no Censo de Educação Superior 2019. Destas, 85 são IES de Santa Catarina, e 23 alcançaram a nota 4 no IGC. Das 33 IES públicas municipais do Brasil, apenas três têm conceito 4, e a FURB é uma delas.

O Índice Geral de Cursos é composto pelos Conceitos Preliminares de Curso (CPC) dos cursos de graduação e os Conceitos Capes dos cursos de programas de pós-graduação stricto sensu.

“Um bom IGC significa que as ações desenvolvidas na instituição estão adequadas e estamos no caminho certo para consolidar a FURB como referência em qualidade. Outro aspecto importante desse resultado é o reconhecimento externo de todo trabalho que nossos servidores desenvolvem, seja na docência, na coordenação ou nos setores que apoiam nossa atividade fim. Também não podemos deixar de reconhecer a competência dos nossos estudantes, pois o resultado obtido no ENADE de 2019 foi fundamental para atingirmos o IGC 4”, comenta o pró-reitor de Ensino, Romeu Hausmann.

 

 

O IGC é utilizado como indicador para subsidiar políticas públicas, além de servir como requisito, critério seletivo ou distinção para a oferta de cursos de pós-graduação e programas do governo federal, como o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID).

Receba as notícias de Blumenau e região pelo WhatsApp clicando aqui.