Ao que tudo indica, o recorde de resgate de 672 animais estabelecido em 2021 poderá ser batido este ano. Isto porque, em apenas uma semana, a equipe do Programa de Resgate Fauna, da Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente (Fujama), registrou 41 ocorrências envolvendo animais silvestres em áreas residenciais do município, sendo dez num mesmo dia. “Pode-se dizer que temos um recorde sim. É muito resgate de animais em tão pouco tempo”, destacou o biólogo da Fujama, Christian Raboch Lempek.

Para se ter um ideia, em fevereiro a Fujama já havia registrado um pico de ocorrências com 50 resgates em dez dias. Segundo Lempek, o aumento de agora tem como “carro-chefe” as serpentes. “Estamos num período mais quente em que esses répteis começam a sair da hibernação para buscar alimento, o que aumenta a possibilidade de encontro com os humanos”, explica.

Mas não são somente as cobras que estão “dando as caras” no perímetro urbano. Mamíferos e aves como tatu, marrequinhos selvagens e principalmente gambás estão na lista da equipe do resgate de fauna. Em postagens feitas nas redes sociais da Fujama, é possível observar vídeos nos quais estes marsupiais são retirados dos lugares mais inusitados de residências. Em boa parte trata-se de gambás fêmeas com filhotes, o que exige cuidado redobrado dos biólogos na hora de retirá-los destes locais e devolvê-los em segurança à natureza. “Com certeza, gambás e cobras são nossos principais casos diários, mas a variedade e demanda de animais é muito grande, até porque Jaraguá do Sul está numa área de Mata Atlântica”, destacou Christian Lempek.

Serviço de Resgate de Fauna

 

Durante a semana
O munícipe deve entrar em contato com a Fujama, por meio do 0800-6420156, da Ouvidoria da Prefeitura de Jaraguá do Sul, ou direto na Fujama, pelo telefone - 3273-8008, no horário das 7h às 17h, de segunda a sexta-feira.

Fins de semana, à noite e feriados
Esta solicitação é feita pelo serviço 193 dos Bombeiros Voluntários.