A partir dos próximos dias e até o fim de outubro é bom sair munido de um guarda-chuva, porque o tempo tende a se apresentar instável e a temperatura variável, com oscilações típicas da estação. É o que apontam os dados divulgados pelo Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometereologia de Santa Catarina (Epagri/Ciram). Apesar de segunda-feira (16) o dia ter permanecido nublado na cidade-polo do Vale do Itapocu, nesta terça e quarta a tendência é que o sol reapareça com algumas nuvens, com temperaturas variando entre mínima de 12° e máxima de 21°C no período da tarde. Essa variação de nebulosidade, com chance de chuva fraca e isolada durante a noite e o amanhecer, é específica do Norte do Estado, já que em outras regiões a tendência é de tempo seco. A situação começa a mudar na quarta-feira (18), quando as temperaturas devem se elevar, mesmo sem tempo firme. Porém, na quinta-feira (19), descargas elétricas e temporais localizados devem atingir Santa Catarina de ponta a ponta, com declínio de temperatura em função de frente fria vinda do Rio Grande do Sul. O meteorologista Marcelo Martins, que integra equipe do Epagri/Ciram, confirma que nesta terça e quarta a tendência é o tempo se manter estável, apesar de parcialmente nublado. “Para Jaraguá do Sul, a previsão é de temperaturas mínimas de 18, 19°C e máximas de 27 a 29°C, com chuviscos no início da manhã e no final de tarde”, alerta.  E na quinta-feira, há possibilidade de chuva à noite, mas com sol ao longo do dia, e temperatura entre 20 e 28 graus centígrados. Na sexta-feira (19), mesmo com possibilidade de o sol aparecer novamente, a tendência é de pancadas de chuva à tarde e à noite, com temperaturas de 21°C até 23°C. Frio e chuvas intensas no final de outubro Deve chover em todas as regiões de Santa Catarina entre os dias 21 e 22 de outubro, com queda da temperatura entre os dias 23 e 24. De acordo com boletim de projeção da meteorologista Laura Rodrigues, nos dias seguintes vem mais chuva, com possibilidade de passagem de outra frente fria por volta do dia 27 de outubro. Nesse período, tanto o norte como o oeste catarinense deve ter chuvas mais intensas.