Por Cláudio Costa Um dos assuntos mais comentados nas redes sociais em Jaraguá do Sul no decorrer da semana passada foi a morte de Maria Bazzanella, 69 anos, moradora do bairro Rio da Luz. Maria teve uma AVC (Acidente Vascular Cerebral) e morreu na segunda-feira (27). Após a morte, sua filha, Rita Bazzanella, 33 anos, publicou um post sobre o fato no Facebook. Foi o bastante para inflamar o debate sobre o atendimento da na área da saúde e os desdobramentos da greve, que neste domingo completa 27 dias. Rita culpa, em parte, a falta de atendimento no posto de saúde do bairro Rio da Luz pela fatalidade. “Primeiro, a deixaram sem medicação. E eu vendo que vocês tinham o remédio. E agora duas semanas sem o controle de hipertensão e diabetes. Ela ia e me falava que tinha um papel colorido na porta. Ela não sabia ler o que era o papel que tinha na porta. Dinheiro algum irá trazer minha mãe de volta”, diz parte da publicação feita na rede social. Segundo Rita, sua mãe precisava aferir a pressão e fazer o teste de glicemia, pois tinha pressão alta e diabetes. O acompanhamento era realizado periodicamente no posto de saúde do Rio da Luz. No dia descrito no post feito no Facebook, na primeira semana de paralisação, o marido de Rita havia levado a sogra na unidade de saúde. Como o local estava fechado, eles decidiram fazer os testes em uma farmácia do bairro, pois as outras unidades estavam lotadas por causa da greve. “Nos acusam de não cuidar dela. Um dos filhos morava com ela só para fazer os cuidados. Não faltava nada, pois somos unidos e prestávamos assistência para a nossa mãe. A greve contribuiu para o estado dela piorar. Nós confiávamos nos profissionais que trabalham no posto de saúde, apesar de o atendimento não ser bom", acusa a filha. "Minha mãe ficou sem cuidados médicos por duas semanas por causa da greve, mas a gente não se pronunciou. Cada um tem direito de lutar pelos seus direitos, mas o sindicato mesmo colocou que é uma questão política. É por dinheiro! E isso não vale mais do que as vidas das pessoas”, entende ela. Segundo Rita, há oito anos atrás, quando havia a estrutura antiga, sua mãe seguia para a unidade de saúde sozinha e tinha um bom atendimento. Depois que houve a reforma, ela diz que o atendimento mudou e, em sua opinião, ficou menos humanizado. “O Rio da Luz é longe, não dá para ir para outras unidades. É o local mais perto da nossa casa”, comenta. Não houve negligência, o que faltou foi atendimento, diz a filha Rita acha que não houve negligência por parte dos funcionários do posto. “Não havia atendimento para haver negligência. No meu entendimento, só há negligência quando os profissionais negam o atendimento ao paciente na hora em que ele chega na unidade’, explica, ao relatar que sua mãe estava com picos de pressão, que, segundo os médicos, poderiam ser identificados apenas com acompanhamento contínuo do hipertenso feito por um profissional da saúde. No dia 24 de março (sexta-feira), por volta das 22h, Maria teve um AVC isquêmico. Os filhos a socorreram e levaram até a sede do Corpo de Bombeiros Voluntários, na Barra do Rio Cerro. De lá, ela foi levada para o Hospital São José. A paciente chegou a ser medicada e reagiu ao tratamento no domingo. Mas, no dia 27, o quadro piorou e ela morreu. Indignada, Rita escreveu o post com as fotos no seu perfil. Segundo ela, muitas pessoas a julgaram e disseram que ela não prestou o devido cuidado à sua mãe, mesmo sendo profissional da saúde. Na verdade, ela esclarece que trabalha no setor administrativo de um hospital. “Eu estou do lado da população, não quero que aconteça a outras pessoas o que aconteceu com a minha mãe. Ela era tudo pra mim. Essa situação está fora do controle e muitas pessoas estão com medo de dizer isso. Eu queria que tudo isso acabasse e que as pessoas se sensibilizassem com essa história. Ela deixou filhos, o meu pai e os netos. Nada vai trazer ela de volta”, lamenta Rita. Prefeitura lamenta o ocorrido A Prefeitura de Jaraguá do Sul foi procurada pelo Grupo OCP para comentar o assunto. Segundo a chefe de gabinete, Emanuela Wolff, o município busca a volta dos servidores aos postos de saúde, mas o Sinsep (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Jaraguá do Sul) não atende aos pedidos da Prefeitura e as ordens judiciais. “Precisamos que esses serviços funcionem mesmo em estado de greve. Nós entendemos que a saúde e a educação são essenciais. Ao meu ver, a volta completa é necessária para que casos como esse não aconteçam”, explica. Emanuela voltou a lembrar decisões judiciais como a do TJSC (Tribunal de Justiça de Santa Catarina) que no dia 14 de março considerou que havia ilegalidade em parte do movimento e outras duas decisões – uma do colegiado do TJSC, na terça-feira (28) e outra da Vara da Família, Infância e Juventude de Jaraguá do Sul, essa última na quinta-feira (30) – que exigem o retorno do atendimento nos postos de saúde e escolas. “Nós sentimos muito pelo ocorrido e estamos muito preocupados com essa situação. A greve é democrática, mas é preciso que as decisões judiciais sejam cumpridas”, ressalta a chefe de gabinete. O Grupo OCP entrou em contato com o presidente do Sinsep, Luiz Cezar Schorner. Segundo ele, o sindicato prefere não se manifestar sobre o caso. -- LEIA MAIS Linha do tempo – Cobertura sobre a greve no OCP Desde o dia 21 de fevereiro, quando a greve dos servidores públicos municipais começou a se tornar realidade, o OCP vem acompanhando diariamente as negociações, dando voz tanto aos servidores por meio do Sinsep, ao Legislativo, acompanhando as sessões da Câmara, e ao Executivo. Para o acompanhamento e entendimento da situação, seguem os links de todos os artigos publicados pelo OCP até o momento.  21 de fevereiro – Projeto que pretende remanejar verba da cultura pode ser votado hoje (21) 22 de fevereiroCortes devem gerar economia de 20 milhões – Artistas jaraguaenses protestam contra o fim do Fundo Municipal de Cultura 23 de fevereiro – Servidores de Jaraguá em estado de greve – Antídio Lunelli divulga carta defendendo cortes – Classe artística promove novo ato contra o fim do Fundo de Cultura 24 de fevereiro – Servidores públicos querem renegociar pacote de cortes com Executivo – “Projetos precisam ser votados”, afirma Antídio Lunelli – Câmara de Jaraguá teve sessão tumultuada e bate-boca entre vereadores 25 de fevereiro – Cerca de 400 pessoas protestaram contra pacotes de cortes em Jaraguá 27 de fevereiro – Lunelli divulga vídeo sobre pacote de cortes 1º de março – Governo soma votos para aprovar cortes 2 de março – Servidores entram em greve na próxima segunda-feira (6) – Cortes levam artistas em manifestação na câmara de Jaraguá 3 de março – Cortes deve ser votado e servidores mantém decisão de greve 4 de março – Câmara de Vereadores aprova corte 6 de março – Saiba quais unidades de educação estão funcionando durante a greve em Jaraguá – Semana começa com greve dos servidores – Cobertura: veja as fotos da greve dos servidores em Jaraguá 7 de março – Governo vai questionar a legalidade da greve  – Greve mobilizou em torno de 65% dos servidores públicos, diz Sinsep – Justiça anula aprovação de corte de adicional Coluna de Patricia Moraes – O impacto da greve em Jaraguá do Sul 8 de março – Câmara vota pacote de cortes na próxima quinta-feira (16)Coluna de Patricia Moraes – Guerra judicial e de nervos: votação somente na próxima semana – Prefeito emite nota de esclarecimento aos servidores públicos – [VÍDEO] Servidores públicos manifestam na ACIJS após carta da entidade 9 de março – Prefeitura de Jaraguá do Sul entra na justiça contra greve de servidores públicos – Sinsep emite carta aberta aos servidores e à sociedade  10 de março – [VÍDEO] Representantes do Sinsep comentam situação de greve em Jaraguá do Sul – Prefeito se reúne com servidores nesta sexta-feira (10) 11 de março – Servidores públicos decidem continuar em greve – Patricia Moraes – Governo avalia flexibilizar pacote 14 de março – Patricia Moraes – Quatro projetos do pacote de cortes estão na pauta desta terça-feira (14) – Sindicato contesta Prefeitura e calcula déficit de R$ 34 milhões[VÍDEO] Votação, discussões e manifesto na sessão da Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul desta terça (14)  15 de marçoTribunal de Justiça decreta ilegalidade de greve de servidores em Jaraguá do Sul – Patricia Moraes – Governo comemora decisão judicial e prevê fim da greve[VÍDEO] Servidores públicos municipais fazem manifestação no Centro de Jaraguá do Sul – Sinsep vai entrar com recurso contra decisão do TJ a respeito da greve – Servidores em greve planejam novas manifestações para esta quinta-feira em Jaraguá do Sul 16 de março – Patricia Moraes – Mais uma quinta-feira de tensão – Servidores públicos continuam em greve em Jaraguá do Sul – Confira o atendimento nas unidades de educação durante a greve nesta quinta (16) – [VÍDEO] Protesto e manifestações em mais uma sessão da Câmara 17 de março – Patricia Moraes – E depois, o que será? – Sindicato realiza nesta sexta-feira (17) assembleia para definir rumos da greve – Novo pedido de vistas mantém impasse sobre pacote de cortes – Prefeito convoca comando de greve para reunião – Prefeito de Jaraguá do Sul diz que grevistas terão dias descontados 18 de março – Servidores de Jaraguá do Sul seguem para a terceira semana de greve 20 de março – Confira a lista de unidades de educação que funcionam durante a greve nesta segunda (20)  21 de março – O dia D para o pacote de cortes – Greve permanece com 70% de adesão  – Fim do Fundo de Cultura deve ser votado nesta terça-feira (21)  – [VÍDEO] Confusão e tumulto na câmara durante votação de medidas do governo 22 de março – Patricia Moraes – Aprovação sob protestos – Câmara de Vereadores aprova projetos do pacote de cortes – Liminar suspende votação de projeto da Estratégia Saúde da Família – Com fim do Fundo de Cultura de Jaraguá, setor aguarda por posição do Ministério Público – Demanda no pronto atendimento aumenta 30% durante período de greve – [VÍDEO] PM de Jaraguá do Sul avalia trabalhos em manifestação de Jaraguá do Sul 23 de março – Patricia Moraes – Por respeito aos servidores, à comunidade e aos jornalistas  – Sindicato e Prefeitura se reúnem nesta quinta-feira (23) no Ministério do Trabalho – Classe artística jaraguaense entra em luto pelo Fim do Fundo Cultural – Servidores protestam com ato de silêncio em sessão da Câmara desta quinta – Assembleia geral de greve é transferida para as 13h30 desta sexta-feira (24) 24 de março – Patricia Moraes – Assembleia pode decretar o fim da greve  – Sindicato dos Servidores e Prefeitura de Jaraguá do Sul negociam o fim da greve 25 de março – Patricia Moraes – Sem acordo: greve vai para quarta semana 27 de março – Pasold assumirá na Câmara com desafio de ajudar a resolver o impasse criado com a greve – Confira o funcionamento das unidades durante a greve nesta segunda (27) 28 de março – Atendimento ao público varia conforme adesão à paralisação – Diretores de escolas pedem que Acijs interfira para acabar com a greve – Patricia Moraes – Grevistas e administração municipal mantêm impasse e movimento continua 29 de março – Tribunal de Justiça nega recurso do Sinsep e mantém decisão que considerou a greve parcialmente ilegal  – Servidores continuam em busca de diálogo com a população sobre motivos da greve  – Ministério Público ingressa com ação civil pública pelo fim da greve em Jaraguá do Sul – Patricia Moraes – Em meio a embate judicial, governo e sindicato falam sobre a greve – [VÍDEO] Promotor fala sobre medida na justiça que pede fim da greve em 24 horas – [VÍDEO] Procurador da Prefeitura de Jaraguá do Sul confirma descontos de dias parados  30 de marçoContinuidade da greve dos servidores de Jaraguá do Sul será avaliada em assembleia na segunda-feira (3) Prefeitura divulga lista atualizada dos atendimentos nos centros de saúde durante greve – Confira o funcionamento das escolas municipais e CMEIs de Jaraguá do Sul nesta sexta-feira Juíza determina retorno dos servidores de Jaraguá do Sul ao trabalho em 24 horas Com indeferimento de pedido de punições aos servidores em greve, movimento continua 31 de marçoHorário de atendimento de vacinação tem alteração nesta sexta-feira em unidade da Reinoldo Rau Patricia Moraes – OAB de Jaraguá do Sul sobre greve: “Ordem judicial é para ser cumprida” – Milhares saem às ruas em Jaraguá do Sul para se manifestar contra reformas e reforçar a greve – Manifestação branca contra Prefeitura e servidores agendada para domingo em Jaraguá do Sul 1º de abril – Servidores pedem nova proposta à Prefeitura para ser avaliada na assembleia de segunda-feira – Prefeito Antídio Lunelli comenta atual situação da greve em Jaraguá do Sul