As famílias que participam de algum programa habitacional têm até a primeira quinzena de dezembro para realizar o recadastramento anual. Com a aproximação do fim de ano, a Secretária da Habitação e Regularização Fundiária alertou a população que o procedimento precisa ser feito anualmente. O secretário da pasta, Ronaldo Lima, explica que o recadastramento é uma exigência determinada pela legislação municipal e que a medida também é necessária devido à alteração da renda familiar máxima permitida para a modalidade Faixa 1 do Programa Minha Casa Minha Vida, que passou de R$ 1,6 mil para R$1,8 mil, conforme determinação do Governo Federal. O secretário ainda lembra de que as famílias precisam realizar o recadastramento anual para não serem prejudicadas nos próximos processos de seleção. Primeiro é necessário realizar a inscrição ou atualização do Cadastro Único nos Cras (Centro de Referência de Assistência Social) dos bairros. Depois, agendar horário na Secretaria da Habitação pelo telefone 2106-8631, onde serão indicados os documentos necessários.