Por Rosana Ritta

Ele tem um canal no YouTube com quase 82 mil visualizações, onde fala com desprendimento sobre os 50 fatos mais curiosos de sua história de vida, e uma grande afinidade com a medicina, e com o jornalismo também. Mas foi por um golpe, mais um de sua já longa ficha criminal, que Josias de Farias Júnior, de 19 anos, que também não é jornalista, mas já foi repórter de uma rede de televisão em Itajaí, a TVBE, ficou conhecido nacionalmente. O jornal O Correio do Povo entrou em contato com a emissora e foi confirmado que ele trabalhou com reportagens por alguns meses  há cerca de dois anos. O catarinense ganhou notoriedade nacional e no momento seu nome lidera as listas de "trending topics" (assuntos do momento) nos principais sites nacionais ao identificar-se como um médico formado em "Grey's Anatomy", a famosa série que se passa no fictício Seattle Grace Hospital, na não-fictícia cidade americana de Seatte.

No vídeo, ele disse que sua série favorita é justamente "Grey's Anatomy". "Sou formado em medicina em 12 temporadas de Grey's Anatomy", brincou. Júnior foi preso na noite de terça-feira (30), suspeito de tentar furtar um hospital em Balneário Camboriú, no Litoral Norte catarinense. Ele se passava por médico e usava credenciais de outra pessoa.

Segundo informações do 12º Batalhão da Polícia Militar (PM), o jovem mora em Itajaí e é técnico em enfermagem, informação que também deve ser apurada para verificar-se a veracidade. No Facebook, ele já havia postado uma foto de jaleco em maio, e marcado o mesmo hospital onde foi preso e se passado também por enfermeiro. Na imagem, ele diz: "a enfermagem é uma arte".

De acordo com a Polícia Militar, a prisão ocorreu por volta das 19h20. O suspeito havia apresentado um documento médico falso para solicitar um novo crachá de acesso ao hospital. Desconfiados, funcionários chamaram os seguranças, que o seguraram até a chegada da PM.

Material falso médico

O suspeito usava jaleco e tinha blocos de receituário, estetoscópio e um crachá. As investigações apontaram que os objetos pertenciam a um médico, para quem o suspeito já teria trabalhado como cuidador. Segundo nota enviada pela assessoria de imprensa do hospital, a equipe de segurança acionou a PM, que prendeu Josias em flagrante. Ainda de acordo com a nota, ele não chegou a realizar nenhum atendimento.

Golpista já conhecido na região, ele coleciona dez boletins de ocorrência registrados contra ele, por fraude, furto em comércio e estelionato.

O titular da 2ª Vara Criminal liberdade provisória ao falso médico, por entender que o delito “não foi praticado com violência ou grave ameaça à pessoa e os bens subtraídos foram restituídos às vítimas”. Ele só deve se manifestar em juízo.

https://youtu.be/86lMMlM2KQA