Rute Georg foi com o marido e o neto conhecer a feira e adquirir algumas plantas | Foto: Eduardo Montecino/OCP News

Rute Georg foi com o marido e o neto conhecer a feira e adquirir algumas plantas | Foto: Eduardo Montecino/OCP News

Encerra neste domingo (14), a 4ª Exposição de Orquídeas em Corupá, realizada no Orquidário Catarinense Alvim Seidel, em Corupá.

O evento tem entrada gratuita e conta com aproximadamente 350 espécies da planta, que vão desde as mais populares, como a phalaenopsis, até as mais raras, voltadas aos colecionadores, como a cattleya schilleriana coerulia azul.

No local, o colorido toma conta do ambiente e é impossível não se encantar com tantas opções. A aposentada Rute Georg, 69 anos, foi à feira pela primeira vez junto ao marido, Aroldo, e o neto, Lucas. Apreciadora de orquídeas, ela saiu de Jaraguá do Sul ontem à tarde para adquirir algumas novas espécies.

“Adoro orquídeas, já compramos uma caixa”, diz, referindo-se às escolhas da família.

Beleza das orquídeas encanta quem participa do evento | Foto: Eduardo Montecino/OCP News

Conforme o engenheiro agrônomo Donato Seidel Júnior, que pertence à quarta geração da empresa, as feiras, antes realizadas em outros estados, foram um pedido da comunidade de Corupá e região.

Assim, foi criada a atual estrutura com o objetivo de oportunizar que o público conheça um orquidário muito antigo – com tradição de mais um século – e possa apreciar e aprender mais sobre as orquídeas.

“Além da venda, o nosso grande interesse é fazer com que a pessoa aprenda. Por isso disponibilizamos a palestra gratuita. Na verdade, a orquídea não é nada complicada, ela basicamente precisa de luz, água e nutrientes”, ressalta.

Agrônomo explica que orquídeas precisam de adubação extra para se desenvolver | Foto: Eduardo Montecino/OCP News

O profissional explica que as plantas que crescem na natureza estão acostumadas só com a água da chuva, que traz nutrientes que ficam parados nas ranhuras da casca das árvores.

No caso do orquidário, as orquídeas não estão na natureza, portanto não recebem só aquele pouco de nutrientes que cairia na chuva.

“Ela recebe uma adubação extra para se desenvolver, não adianta só regar com água da torneira, que só tem cloro. E a adubação não é complicada e nem cara”, completa.

Serviço:

  • O quê: 4ª Exposição de Orquídeas em Corupá
  • Quando: até domingo (14)
  • Onde: Rua Roberto Seidel, 1981, bairro Seminário
  • Horário: das 8h às 19h
  • Palestras: sexta, sábado e domingo, às 15h30
  • Entrada gratuita
  • Preços das plantas: mudas floridas a partir de R$ 9; preço médio de R$ 25.

-

Quer receber as notícias no WhatsApp?