Inicia na segunda-feira (16), no Parque da Inovação, a primeira aula do Projeto “Esporte e Arte no Parque”, que está com inscrições abertas. A proposta envolve crianças e adolescente de 8 a 14 anos com aulas gratuitas de atletismo, basquetebol, futebol e taekwondo.

A iniciativa também será adotada no Parque Linear Via Verde e outros locais, tendo orientação de profissionais ligados ao Programa Bolsa Desportiva Municipal da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel).

Foto Eduardo Montecino/PMJS

De acordo com a secretária de Cultura, Esporte e Lazer, Natália Lúcia Petry, a proposta amplia as ações da secretaria à comunidade, massifica a prática de esportes e atua como agente auxiliar de transformação social, além de proporcionar a melhoria da qualidade de vida.

Segundo o supervisor de rendimento, Luderitz Gonçalves Filho, as aulas de iniciação esportiva ocorrerão no contraturno escolar e também reforçarão a questão do pertencimento do patrimônio público.

“Vamos fortalecer a valorização dos parques e instigar a relação de pertencimento e autoestima do munícipe”, pondera.

Foto PMJS/Divulgação

A proposta vai além da atividade física, explica a integrante do projeto, Karine Festugatto. Há uma contribuição para a sensação de pertencimento e consciência da comunidade sobre o respeito e cuidado com relação ao patrimônio público, que é de todos.

“Os Parques estão ali, lindos, para usarmos com responsabilidade”, explica.

Objetivos do projeto

Democratizar o acesso à prática de modalidades esportivas e atividade física em ambientes próximos à população e da natureza; aprimorar as capacidades físicas, cognitivas e desenvolver aptidões dos indivíduos participantes; contribuir com a melhoria da qualidade de vida dos indivíduos e famílias participantes, com ênfase nos índices de obesidade infantil, sedentarismo precoce e uso da Internet e redes sociais; atuar como agente de transformação social, utilizando o esporte como ferramenta auxiliar na construção de valores morais e habilidades socioemocionais, além de fortalecer a valorização dos Parques e instigar a relação de pertencimento e autoestima do munícipe.

Com informações de assessoria de imprensa.