O voluntariado é uma das marcas mais fortes da população jaraguaense. Não é difícil lembrar de situações nas quais a solidariedade amenizou dores e sofrimentos, como aconteceu, por exemplo, nas enchentes que atingiram a cidade em 2008.

Existem inúmeros grupos que fazem do voluntariado muito mais do que um mero passatempo ou um espaço para “ocupar a cabeça”. As entidades voluntárias trabalham constantemente para levar bem-estar e alegria àqueles que necessitam de uma maneira ou de outra.

Os sentimentos de solidariedade e fraternidade movem os milhares de voluntários e, quando o fim de ano se aproxima, são esses os sentimentos que permeiam as festas, especialmente o Natal.

Por isso, representantes de algumas das diversas entidades voluntárias de Jaraguá do Sul falaram ao OCP sobre como, na visão deles, é possível tornar o Natal do seu próximo melhor por meio de atitudes e mudanças de postura capazes de estender esse cenário ao dia a dia de todos.

AMA – Associação dos Amigos do Autista

Tânia Krause, diretora

“Eu penso que um sentimento de fraternidade e de respeito é fundamental não só no Natal, como no dia a dia. Tratar as pessoas com respeito e quando eu falo em respeito, é entendê-las.

 

Precisamos abraçar isso para melhorar a qualidade de vida, para que as pessoas possam avançar, e falando dentro do nosso trabalho, para que efetivamente a vida se torne mais gostosa, mais saborosa e que essa inclusão possa realmente acontecer.

 

No dia a dia temos que ter qualidade e conseguimos isso quando temos respeito, quando somos fraternos, quando entendemos o outro, aí automaticamente teremos uma vida melhor.

 

Não é tempo só de dar presente, na verdade é uma troca de carinho e atenção.”

Bombeiros Voluntários de Jaraguá do Sul

Neilor Vincenzi, comandante

O Natal é um momento de renascimento, de renovação, de esperança. Então, chegando nessa época a gente dá como finalizado um ano, confraternizando, comemorando o que passou.

 

Acredito que a população em geral está fazendo a sua parte em se solidarizar, e nessa mesma linha, esperamos que a própria política consiga cumprir com o papel dela e idealizar ações para melhorar a vida das pessoas.

 

Acreditamos que se houver um nível político bom, as pessoas seguem esse exemplo. A nossa comunidade em si é solidária, participa e faz a coisa acontecer.”

Sol Solidariedade

Luciane Piccoli, assistente social

“Nós da Sol acreditamos que para uma vida melhor as pessoas precisam ter a empatia, perceber que muitas vezes pequenas ações como atenção e carinho valem mais do que bens materiais.

 

É perceber o outro e ter consciência que por menores atitudes de solidariedade todas possuem um significado imenso para quem recebe.”

AVSJ – Associação de Voluntários do Hospital São José

Jeferson Ferrari, dirigente

“A gente tem um movimento muito grande mostrando que o voluntariado dentro do hospital tem o significado de humanização.

 

Deixar de lado tudo de difícil que as pessoas que acessam o hospital têm e mostrar que é uma alma tentando cuidar de outra alma. Buscamos despertar o amor ao próximo, reforçar o amor ao próximo.

 

Eu costumo dizer que seria muito fácil o hospital contratar alguém para acolher os visitantes, mas dinheiro nenhum no mundo pagaria o amor que os voluntários têm em fazer isso.

 

Mesmo em um momento difícil tem pessoas dedicadas a levar amor e carinho para essas pessoas. E as ações intensificadas neste período para que as famílias se sintam acolhidas. A gente poderia olhar o que estamos fazendo com o nosso tempo e pensar se estamos dedicando parte dele ao próximo, às pessoas que estão a nossa volta.

 

O simples fato de oferecer um abraço. Que a gente possa direcionar mais o nosso tempo a olhar as pessoas a nossa volta e ter um gesto de humanidade. O amor ao próximo, àqueles que estão a nossa volta, esse é um grande caminho.”

Rede Feminina de Combate ao Câncer de Jaraguá do Sul

Darcy Tomaselli Bertoldi, presidente

“Sendo mais humildes, solidários, exercendo o apoio ao próximos e as questões que possam proporcionar boa convivência em comunidade, trabalhando sempre por um mundo e por pessoas cada vez melhores.”

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?