A Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) de Santa Catarina confirmou na manhã desta sexta-feira (12) a morte da terceira pessoa de uma mesma família pelo vírus Influenza (H1N1), em Jaraguá do Sul.

A vítima mais recente divulgada pela pasta é um homem de 62 anos, o pai, que não procurou atendimento médico, por isso não chegou a ser internado.Ele apresentou sinais e sintomas da gripe e morreu no dia 13 de junho.

A mãe tinha 59 anos, tinha doença cardiovascular e apresentou sinais e sintomas da gripe no dia 9 de junho, foi internada no dia 12 de junho e morreu no dia 15 de junho.

A filha tinha 36 anos, uma doença cardiovascular e apresentou sinais e sintomas no dia 8 de junho, procurou atendimento no dia 14 de junho - quando foi internada - e morreu no dia 24 de junho.

Com esta confirmação, a cidade registra a quarta morte por gripe neste ano.

Detalhes do óbito

Em nota oficial, a Dive divulgou que a causa da morte do pai foi registrada como parada respiratória.

"No entanto, o caso deve ser notificado como morte por Influenza por vínculo epidemiológico, que é quando o paciente teve contato próximo de um caso laboratorialmente confirmado ou pertence a mesma cadeia de transmissão para Influenza", afirma o documento.

Conforme a DIVE, nesta semana foram realizados testes que confirmaram o óbito por Influenza e o boletim epidemiológico deve ser atualizado em breve.

Posição do município

Procurada pela reportagem, a Secretaria Municipal de Saúde de Jaraguá do Sul garante que até o momento não foi notificada oficialmente sobre a confirmação da causa da morte do pai da família.

Em nota oficial, a pasta informa que o caso envolvendo estas três mortes é atípico e que profissionais da saúde se mantêm alertas e preparadas para agir.

Segundo a secretaria, houve ampla divulgação da campanha de vacinação contra Gripe A, 40.709 pessoas foram imunizadas na rede pública e outras 4.129 na rede privada.

O comunicado reforça também que boletins semanais com informações de casos suspeitos ou confirmados são gerados, assim como periodicamente são veiculados materiais de esclarecimento referentes aos hábitos que diminuem os riscos de propagação do vírus.

"Cabe ressaltar ainda que os profissionais dos postos de saúde estão preparados para diagnosticar e tratar os pacientes assim como os hospitais da cidade. O medicamento indicado para tratar pacientes com vírus Influenza (Gripe) também está disponível", diz a secretaria.

Total de casos

Além dos três casos na mesma família, uma quarta morte por gripe foi registrada em Jaraguá do Sul em maio.

A vítima é uma mulher de 48 anos que chegou a ser internada na UTI e a tomar o antiviral Tamiflu. Ela tinha hipertensão e diabetes.

Ela morreu no dia 1º de maio.

Como se prevenir

  • Cubra a boca e o nariz com um lenço quando tossir ou espirrar;
  • Se não tiver lenço, tussa ou espirre no seu antebraço, não em suas mãos, pois elas são veículos de transmissão;
  • Evite sair de casa enquanto estiver com sintomas de gripe;
  • Limpe as mãos depois de tossir ou espirrar, lavando-as imediatamente com água e sabão;
  • Mantenha os ambientes ventilados e arejados;
  • Não compartilhe alimentos, copos, toalhas e outros objetos de uso pessoal;
  • Mantenha-se distante de locais com aglomeração de pessoas;
  • Tenha uma alimentação balanceada beba bastante líquido.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito: 

WhatsApp  

Telegram  

Facebook Messenger