Doutora Vanessa Mistura | Odontologia estética: lentes de contato dental

Doutora Vanessa Mistura | Odontologia estética: lentes de contato dental Doutora Vanessa Mistura | Odontologia estética: lentes de contato dental

Cotidiano

Por: OCP News Jaraguá do Sul

terça-feira, 09:30 - 06/02/2018

OCP News Jaraguá do Sul
A odontologia tem dado largos passos nos últimos anos e a busca por um sorriso bonito tem sido cada vez maior. Em todas as áreas da saúde, procedimentos minimamente invasivos fazem parte de uma corrente que prioriza a manutenção do elemento biológico. Grandes mudanças ocorreram em um período muito curto de tempo e alguns conceitos foram mudados visando um tratamento mais rápido e menos invasivo, preservando o máximo a estrutura dental sadia. Hoje as denominadas “Lentes de contato dental” vêm ganhando considerável espaço na odontologia estética. O termo lente define um tipo de laminado cerâmico. Na verdade, é um termo usado para exemplificar, para pacientes e profissionais, que a “restauração é fina como uma lente de contato”. Os dentes a receberem as lentes de contato são previamente encerados em laboratório, o qual permite estabelecer as novas dimensões dos dentes de acordo com o perfil do paciente e, claro baseadas nas limitações de cada caso. É com base nesse enceramento diagnóstico que se define o quanto as estruturas dentárias serão desgastadas, a fim de receber as restaurações em cerâmica. A quantidade de desgaste irá depender de cada caso. O que levamos em consideração durante a realização do preparo dentário é: espaço para adaptação da lente (a peça precisa ser adaptada sobre um preparo, mesmo que seja mínimo, a fim de evitar problemas futuros); coloração dos dentes hígidos (dentes muito escuros necessitam de um tratamento prévio de clareamento dental, e não conseguindo sucesso na melhora da cor, esses elementos necessitarão de um desgaste maior para mascarar a cor do substrato, pois a lente de contato é uma peça fina que varia de 0,1 a 0,5mm de espessura). Após o preparo dos dentes, os mesmos são moldados e enviados ao laboratório para a confecção das lentes de contato, e os dentes são protegidos com provisórios que promoverão a estética e função. E não devemos esquecer que, acima de tudo, somos profissionais da área da saúde. Todo o trabalho, antes de ser realizado, requer muito conhecimento e bom senso para que possamos trabalhar com segurança e oferecer ao nosso paciente o que há de mais seguro, funcional e bonito.
×