Doar leite é doar vida. O que para muitas pessoas ainda pode ser um motivo de dúvida ou de “medo”, para a indaialense Franciani Borghezan Negri, 26 anos, já virou uma rotina. Mãe de duas meninas, Lara, de 2 anos e 5 meses, e Lívia, de 6 meses, ela é uma das doadoras do Banco de Leite de Blumenau (BLH).

Durante toda a sua primeira gestação, buscou se manter sempre informada sobre a importância da amamentação. Quando em uma de suas descobertas, passou a conhecer o Banco de Leite. Ao entrar em contato com os responsáveis, soube que era algo prático e muito simples. Desde então, Franciani faz parte oficialmente do grupo de doadoras.

Foto Giulia Venutti/OCP News Vale Europeu

“Mesmo amamentando a Lara na época, sentia que ainda assim sobrava muito leite, foi quando passei a ajudar. Mesmo morando em outra cidade, toda semana eles ligam confirmando se há leite para doação e, se confirmado, vêm até a minha casa para poderem receber”, destaca.

Na segunda gravidez, Franciani foi atrás de informações com a sua obstetra, pois ainda queria continuar ajudando aqueles que precisavam. Vendo que não havia problemas, manteve-se firme e forte até então. Em comemoração ao Dia Nacional de Doação de Leite Humano, celebrado anualmente no dia 19 de maio, Fran recebeu, junto com as outras mães doadoras, um certificado da Secretaria da Saúde de Blumenau como um reconhecimento e agradecimento pela nobre atitude.

Foto Giulia Venutti/OCP News Vale Europeu

Após um ano e meio como doadora, infelizmente Franciani sabe que seu ciclo está chegando ao fim.

“Esta é a minha última semana em que posso ajudar, mas espero que as mães que ainda podem, continuem sempre sendo solidárias com aquelas que precisam. Que possamos sempre nos colocar no lugar do próximo”.

Banco de Leite de Blumenau (BLH)

Endereço: rua Dois de Setembro, 1.212, no bairro Itoupava Norte
Horário de atendimento: das 8h às 12h e das 13h às 17h
Telefone: (47) 3381-7570

Quer receber as notícias no WhatsApp?