Nos últimos dois dias, o trânsito na rua Walter Marquardt, no bairro Barra do Rio Molha, fluiu lentamente e chegou a ficar paralisado por alguns momentos. O congestionamento ocorreu em virtude das obras de recapeamento que o Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto) está executando no trecho de aproximadamente 1,5 quilômetro entre a Ponte do Curtume e a da Argi. Com um comércio instalado na via principal, Marcos Boettcher viu o movimento de sua loja cair significativamente na terça e quarta-feira. “A situação estava muito ruim, fazendo com que os clientes evitassem passar por esse caminho. O primeiro dia de obras foi o pior, o trânsito ficou parado e voltou a andar somente por volta das 18h15, foi uma tarde complicada”, conta Boettcher. Para o comerciante, o serviço deveria ser programado para o fim de semana ou durante a noite, quando o fluxo de veículos é menor na região. De acordo com a diretora de obras do Samae, Evânia Libel, o serviço era necessário e vinha causando uma série de reclamações ao setor. “Há uns cinco anos, a rua recebeu obras de implantação de esgoto. Essas partes acabaram formando valas e incomodavam a população”, ressalta Evânia. A equipe do Samae retirou a pavimentação existente no trecho, onde foi instalada a rede coletora, e fez o recapeamento. Conforme Evânia, o investimento até quarta estava avaliado em R$ 17 mil. Durante os trabalhos, o trânsito estava sendo liberado em meia pista e, em determinados momentos, era fechado totalmente para a segurança dos motoristas perante a movimentação das máquinas. O recapeamento deve ser concluído apenas na sexta-feira. Nesta quinta-feira (3), não haverá movimentação de obras porque a máquina fresadora de asfalto quebrou e foi encaminhada para o conserto no início da tarde de quarta. Uma alternativa para desviar a área em obras é passar pela ponte da Argi, no sentido bairro-Centro, seguindo pela rua João Januário Ayroso. Os motoristas que forem rumo ao bairro podem passar pela ponte do Curtume e rua João Januário Ayroso.