Duas das empresas mais antigas da de Jaraguá do Sul são do ramo educacional: o Colégio Evangélico Jaraguá, com 111 anos, e o Colégio Marista São Luís, com 78. Nesse interim, pelas duas entidades passaram milhares de alunos, levando para frente um legado educacional e cultural gestado no começo do século passado. Segundo o diretor do Colégio Evangélico Jaraguá, Leopoldo Fenner, parte do sucesso do colégio se deve à fidelidade aos seus valores e princípios históricos, sem jamais abandonar os valores que pautaram a fundação, em 1907. A outra parte do sucesso é um olhar atento para a inovação. "Outro pilar que sustenta a sua caminhada centenária é fato de que o Colégio Evangélico Jaraguá foi e é capaz de ser uma instituição com tradição em valores e princípios, mas atento a incorporar as novas tecnologias e metodologias de ensino, aberto e sensível às mudanças, se mantendo não apenas atualizado, mas buscando crescer e a se superar na sua missão enquanto colégio", explica, ressaltando o papel da educação na formação de cidadãos conscientes. LEIA MAIS:  - Colégio Evangélico implanta sistema de energia solar
Sistema com 237 placas solares foi instalado na entidade em novembro de 2017 | Foto Eduardo Montecino/OCP
Além da inovação, a história do Colégio Evangélico Jaraguá é marcada por uma forte relação com a comunidade. O colégio foi fundado em 1907 pelo Pastor Ferdinand Schlüzen, para atender as necessidades da comunidade, operando em uma pequena construção em enxaimel. Como ocorria com muitas entidades de ensino comunitárias à época, as aulas eram ministradas em alemão. Por conta dessa ligação com a cultura germânica, a escola foi fechada durante o processo de nacionalização do ensino, em 1938, durante a ditadura Vargas. A escola só retornaria em 1953, com uma turma de 80 alunos, graças aos esforços da comunidade, atendendo da 1ª a quarta série. Trinta anos depois, seria inaugurada a atual estrutura da escola, ampliando de quatro para 20 salas de aula. Dez anos depois, passaria a ser oferecido o ensino médio. VEJA TAMBÉM: –  Dez empresas de Jaraguá do Sul possuem mais de 75 anos – Segredo da Breithaupt foi a inovação constante, afirma diretor geral da empresa - Duas Rodas atribui seu sucesso a uma cultura de empreendedorismo