Crianças de seis meses até cinco anos incompletos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), profissionais da área da saúde, pessoas acima de 60 anos e com comorbidades (doenças crônicas) formam o público-alvo da campanha de imunização contra a influenza, que este ano terá o Dia D em 30 de abril, das 8h às 17h.
De acordo com a supervisora de Vacinas da Diretoria de Epidemiologia de Jaraguá do Sul, Ana Cristina Kneipp, a campanha do Ministério da Saúde deve se estender até 20 de maio, nas 21 unidades que dispõem de sala de vacinação no município.
Das 24 unidades, apenas Tifa Martins, Vieira e Amizade ainda não dispõem de sala vacinal. O universo vacinal deste ano é de 36.400 mil pessoas. A previsão é vacinar em média 9,3 mil crianças.
Ana Kneipp lembra que em 2015 foram cerca de 30 mil pessoas imunizadas. Dessas, 9.270 crianças, o que corresponde a 99% da faixa etária (a meta do Ministério da Saúde é 80%). Foram imunizadas 1.700 gestantes, 285 puérperas, 2.600 trabalhadores da saúde, 11.750 idosos e 10.700 pessoas com doenças crônicas.
Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que a influenza é mais frequente nos meses do outono e inverno e que, durante uma epidemia, de 5% a 15% da população é infectada, resultando em aproximadamente três milhões a cinco milhões de casos graves por ano e também em 250 a 500 mil mortes no mundo. Idosos e portadores de doenças crônicas são os mais afetados.
A responsável pelos medicamentos e vacinas da 24ª Gerência de Saúde de Jaraguá do Sul, Clauri Mara Bihr, confirma que aguarda data do informe técnico do Ministério da Saúde para saber detalhes sobre o montante de vacinas que deve ser destinado para os cinco municípios da microrregião. “Possivelmente vamos receber o informe técnico no início de abril”, espera.
Sesi busca imunizar 30 mil trabalhadores da região
Encerra amanhã o primeiro período de adesão à campanha de vacinação para as indústrias da microrregião. O segundo período será de 25 de março a 14 de abril. O coordenador de Saúde do Sesi (Serviço Social da Indústria) do Vale do Itapocu, Giovani Honorato de Carvalho, ressalta que a meta é vacinar em torno de 30 mil pessoas em Jaraguá do Sul de 180 indústrias, entre trabalhadores e dependentes. Segundo Giovani, a estimativa é que existam em torno de 45 mil industriários em Jaraguá do Sul e região. A previsão é vacinar em meados de abril ou início de maio.
Giovani explica que a compra do lote importado de vacinas pela entidade depende do número de adesões das empresas, e que as indústrias que aderirem no primeiro lote terão maior desconto na aquisição. Ele conta que as empresas pagam em média R$ 19,90 por dose vacinal. As indústrias interessadas em aderir à campanha devem acessar o site www.vacicacao.sesisc.org.br ou contatar nos telefones 3372-9431 e 3372-9432.