A força-tarefa da Prefeitura de Florianópolis que fiscaliza as medidas de controle da pandemia da Covid-19 segue com as vistorias diárias em toda a cidade. Desde fevereiro, quando a ação conjunta iniciou até este domingo (2) foram 1.074 vistorias.

Neste período foram emitidas 41 advertências, 258 intimações e 18 multas. Ao todo, 23 locais foram interditados. Desse total, em 66,3% (712 vistorias) das vistorias, os locais operavam de acordo com as normas sanitárias vigentes.

 

 

Em relação aos dados deste final de semana, os dados parciais são: 129 inspeções feitas, 1 advertência, 1 multa e 18 intimações emitidas e 1 interdição cautelar executada.

Como funciona a força-tarefa

Participam das vistorias, agentes da GMF, que dão suporte às equipes, fiscais da Vigilância Sanitária e Procon, e auxiliares da Susp. As ações também contam com suporte da Polícia Militar, que divide as áreas de fiscalização para otimizar os efetivos das autoridades sanitárias municipais e estaduais.

Os agentes e fiscais se dividem em grupos para realizar as vistorias de forma simultânea nas regiões em dois turnos em locais como: bares, pubs, restaurantes, lojas, shoppings, supermercados, hotéis e praias.

Nessas fiscalizações, a força-tarefa verifica itens como uso correto de máscaras, distanciamento social, disposição de mesas e cadeiras, álcool gel, sistema de ventilação, exposição dos alvarás de funcionamento em locais visíveis e outros regramentos.

Como denunciar

As equipes seguem um cronograma mas também atendem denúncias da população, que podem ser feitas pelos canais oficiais da Prefeitura de Florianópolis pelo 153 da Guarda Municipal ou pela aba Denúncias Vigilância Sanitária neste site.