Um estudo divulgado nesta semana pela revista European Heart Journal, da Sociedade Europeia de Cardiologia, aponta que a enzima ACE2, presente em maior concentração no sangue masculino, pode facilitar a propagação da Covid-19 em homens.

Segundo a pesquisa, realizada em mais de 3,5 mil pacientes, a enzima em questão seria a ACE2 (ECA-2 em português), uma enzima conversora de angiotensina 2, que, entre outras funções, é responsável pelo controle da pressão arterial.

A ECA2 é natural do corpo humano e pode ser encontrada nos pulmões, coração, rins e tecidos que revestem os vasos sanguíneos.

A descoberta é que esta enzima também pode permitir que o coronavírus infecte células saudáveis.

 

 

“O ECA2 é um receptor que fica na superfície das células. Em caso de uma invasão, ele se liga ao coronavírus e permite que ele entre e infecte células saudáveis depois de ter sido modificado por outra proteína na superfície da célula”, explica Adriaan Voors, professor de cardiologia do University Medical Center Groningen, na Holanda.

O estudo destaca que os homens estariam mais vulneráveis ao coronavírus do que as mulheres porque possuem uma maior concentração de ECA2 no sangue, além de outros fatores de risco, uma vez que eles são maioria entre os fumantes e entre os hipertensos.

A ECA2 estaria presente em maior quantidade no corpo dos homens por conta da regulação da enzima nos testículos.

A descoberta de que a ECA2 permite que o coronavírus infecte células saudáveis pode explicar porquê mundialmente os homens estão entre os mais infectados pelo novo coronavírus.

Fonte US Today.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul