Diante do aumento de casos de Covid-19 e lotação dos hospitais, e devido à necessidade de monitoramento permanente da pandemia e elevação dos gastos públicos para proteger a saúde da população, com adoção de medidas drásticas para a contenção do vírus, o Executivo de Criciúma viu-se obrigado a decretar Situação de Calamidade Pública no âmbito municipal.

A decisão foi tomada em reunião realizada agora há pouco e contou com a presença do (a):

  • prefeito Clésio Salvaro
  • vice-prefeito Ricardo Fabris
  • presidente da AMREC, Ademir Magagnin
  • diretor do Hospital São José, Raphael Farias
  • diretor da Unimed, Leandro Avany Nunes
  • reitora da Unesc, Luciane Ceretta
  • secretário municipal de Saúde, Acélio Casagrande
  • presidente do Sindicato dos Médicos da Região Sul Catarinense, Lucínio Alcântara.

No encontro também ficou definido que o Centro de Retaguarda do Rio Maina passará a dar suporte aos hospitais e à população. Os detalhes do funcionamento serão definidos nesta sexta-feira, em regime de urgência.

Decisão foi tomada em reunião realizada na noite desta quinta-feira / Foto: Decom

Ações conjuntas

Também nesta sexta, às 15h, prefeitos atuais e eleitos na AMREC, participarão de uma reunião sobre ações conjuntas que serão tomadas pelos 12 municípios.

Casos

Criciúma registrou, nesta quinta-feira, 189 novos casos de Covid-19 e 107 curas. Este é o pior cenário desde o início da pandemia.

A cidade já notificou, desde o início da pandemia, 10.594 infectados pelo coronavírus e 9.149 recuperados da doença.

Hoje há 1.321 casos ativos, 81 a mais que ontem.

Há ainda 1.139 casos suspeitos, aguardando o resultado do exame, e 30.463 exames descartando para o vírus.
Já foram realizadas 42.196 coletas.

Criciúma soma 124 óbitos devido à pandemia.

Hospitalizados

Nesta quinta, há 146 hospitalizados, dez a menos que o boletim anterior.
Desses, 32 estão sob suspeita de contaminação, aguardando o resultado do exame.

Ainda do total, 44 estão em leitos de UTI e 72 são de outros municípios.

 

 

Leia também

 

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul