A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (15), o reajuste da conta de luz dos consumidores de Santa Catarina. O aumento médio que será aplicado pela Celesc será de 7,85%. Os novos valores passam a vigorar a partir do dia 22 de agosto. O aumento da Celesc atinge 2,8 milhões de consumidores no estado. No caso dos grandes consumidores de energia, como as indústrias, a média será de 7,77%. Para os consumidores domésticos, o aumento médio será de 7,90%. Segundo a Aneel, o item que mais impactou no cálculo do reajuste tarifário foi a elevação do custo da despesa com transmissão de energia, que sofreu reajuste de 126,6% no período. De acordo com a Celesc, o reajuste Tarifário Anual é um dos mecanismos de atualização do valor da energia paga pelo consumidor de acordo com fórmula prevista no contrato de concessão. O seu objetivo é restabelecer o equilíbrio econômico-financeiro da concessionária. No período de 2009 a 2017 (últimos 9 anos), o percentual da variação da tarifa residencial foi de 54% contra uma inflação de 59% para o IGP-M e 62% para o IPCA, indicador utilizado para a atualização dos custos operacionais da Distribuidora.