O espírito solidário dos jaraguaenses contribuiu para a formação de diversas entidades e associações no município.

Uma delas é a Sociedade Sem Câncer, criada em 2006 com o intuito de fornecer aos portadores de neoplasia informações sobre a doença e a respeito de seus direitos regidos por lei.

Pouco tempo depois, o grupo observou a necessidade de conseguir suplementos alimentares para pacientes que perdem o apetite durante o tratamento.

Com voluntários médicos, advogados, psicólogos e de outras áreas, a Sociedade Sem Câncer passou a montar uma estrutura para atender essa demanda em Jaraguá do Sul.

Hoje, de acordo com a presidente da entidade, Ana Cristina Schneider, 12 voluntários ajudam nas atividades.

O número baixo de pessoas envolvidas e a falta de apoio financeiro, acentuado por conta da pandemia, quase fechou a Sociedade no último ano.

"A situação está complicada, não conseguimos fazer eventos para arrecadar mais recursos e muitas das nossas voluntárias ficaram afastadas por serem do grupo de risco da Covid-19", comenta.

As principais ações do grupo atualmente são a entrega de suplementos alimentares, apoio jurídico a pacientes que precisam de medicamentos, e suporte no conforto oncológico do Hospital São José.

No local, são servidas refeições para os pacientes e familiares que são de outras cidades e passam o dia na unidade realizando tratamentos, como quimioterapia.

Voluntários do hospital e da Rede Feminina também auxiliam no atendimento.

Atendimento e entrega de suplementos

Os suplementos alimentares são entregues na sede do grupo, localizada na avenida Getúlio Vargas, no Centro.

Conforme Ana, eles atendem de seis a 12 pacientes por mês. Cada um recebe, no mínimo, dez latas de suplemento mensalmente.

"Uma lata custa R$ 43, direto com o fornecedor. É um custo que fica alto, por isso não conseguimos ajudar mais pacientes", relata a presidente.

Para ser um voluntário da entidade ou realizar uma doação, entre em contato com Ana pelo número 9 9975-5294.

O trabalho da Sociedade Sem Câncer também pode ser acompanhado pelo Facebook.