Foto: Divulgação/PMJS

Foto: Divulgação/PMJS

A Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Jaraguá do Sul confirmou esta semana um caso de chikungunya (doença causada pelo mosquito transmissor da dengue) na cidade. A doença foi diagnostica em uma mulher 27 anos que mora no México e teria contraído a chikungunya naquele País, tendo feito o exame em Jaraguá do Sul durante visita a familiares em dezembro do ano passado. O resultado do exame foi divulgado esta semana e comprovou que a mulher também estava com dengue.
Em 2015, foram confirmados 13 casos de dengue na cidade, todos em pessoas que contraíram a doença ao viajarem e retornarem de cidades em que há incidência comprovada da doença. Ao todo, são 13 casos suspeitos neste ano, sendo um caso confirmado. Também foram registrados este ano dois focos do mosquito da dengue em armadilhas espalhadas pela cidade.
Segundo a enfermeira e supervisora da Vigilância Epidemiológica, Marinei Ostetto, Jaraguá do Sul nunca teve caso de dengue contraída na cidade, todos confirmados até o ano passado e começo deste ano ocorreram fora do município, durante viagem dos infectados.
A Secretaria da Saúde possui um serviço de Ouvidoria em que a população pode tirar dúvidas sobre a dengue e outras doenças. O contato é o 0800-642-0136. Diante de qualquer sintoma suspeito de dengue ou das outras transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, a população deve procurar uma unidade básica de saúde perto de sua casa.
O mosquito Aedes aegypti é responsável pela transmissão da dengue, da febre amarela, da zika vírus e da chikungunya. Entre os sintomas destas doenças estão: febre, dores no corpo, manchas na pele, dor de cabeça, coceira e cansaço.
Fonte: PMJS