São 6h30 da manhã, seu alarme dispara. Você acorda, dá vontade de ficar na cama, mas já começou a pensar na reunião que vai ter mais tarde no trabalho e a imaginar que seu chefe talvez não esteja num bom dia, afinal “ontem já foi bem complicado”. Você vai para o banho e enquanto tenta esquecer o chefe, lembra-se do encontro da sua família que vai acontecer no próximo fim de semana, no qual novamente terá que ouvir comentários sobre ainda não ter casado ou engravidado. Você revira os olhos e já sente a angústia de ser alvo dos questionamentos dos familiares. Sem perceber, você já está lá, criando e vivendo estas cenas nada agradáveis como se fossem reais.
Então, seu coração começa a bater mais rápido, sua respiração fica mais ofegante e superficial, você toma seu café às pressas enquanto pega sua bolsa e sai de casa. Este é o momento em que você está alimentando a sua ansiedade. A ansiedade aumenta os níveis de cortisol no sangue, pois faz disparar o estresse, o que prejudica sua saúde física e emocional. Ao se manter em um estado ansioso por muito tempo, a pessoa sobrecarrega seu coração.
Além da indicação de terapias de relaxamento e meditação para amenizar a ansiedade, a prática de uma alimentação saudável vai contribuir com o seu equilíbrio emocional e mental. Veja cinco alimentos que ajudam a manter a calma:

AVEIA

aveia

A aveia é considerada um sedativo natural, que tem propriedades calmantes, pois contém alcaloide, que ajuda a amenizar alguns sintomas de depressão, ansiedade e insônia. Prefira utilizar a aveia em flocos, pois esta mantém as fibras presentes em melhor estado.

ABACATE

download

Abacates e suas variações - como o avocado - são ótimos para a saúde do cérebro e para diminuir a ansiedade, bem como a vontade de comer.  A presença de gorduras monoinsaturadas, de acido fólico e de potássio neste superalimento faz dele um “tem que ter” na cozinha.

ESPINAFRE E COUVE

img_7219

Hortaliças de folhas verde-escuras, como espinafre e couve, são ricas em magnésio, um mineral com propriedades antiestresse muito importante. A carência deste mineral pode gerar, além de ansiedade, agitação, insônia, irritabilidade e outros sintomas relacionados.

GRÃO-DE-BICO

grao-de-bico

Fonte de fibras, este grão é uma ótima opção de proteína vegetal. Suas fibras ajudam a manter a saciedade por mais tempo e diminuem os desejos por doce. A ingestão promove a produção do hormônio serotonina, responsável pela sensação de bem-estar e bom-humor.

BATATA-DOCE

Feríssima

A batata-doce é um alimento que deve ser incluído na rotina de quem deseja diminuir os ataques à comida por ansiedade, pois contém fibras que ajudam a manter os níveis de glicose estáveis. Além disso, a batata-doce tem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes.