O ator Tarcísio Meira, que morreu aos 85 anos por complicações da Covid-19, já tinha tomado as duas doses da vacina. Apesar da importância dos imunizantes, especialista afirmam que nenhum deles é 100% eficaz e alguns organismos são mais sensíveis à ação da doença.

De acordo com o geriatra Natan Chehter, do Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo, a idade avançada também pode ser um fator que agrava os casos, assim como o sistema imunológico ser mais vulnerável aos sintomas agressivos, mesmo com a imunização completa.

“O Tarcísio Meira é uma estatística nesse momento. Além disso, há a questão das variantes, que não sei se ele foi diagnosticado com alguma. Mas, eventualmente, algumas vacinas têm eficácia menor contra as mutações, então, se a cobertura já não era 100%, as variantes podem conferir maior gravidade e/ou maior infectividade”, afirma Chehter.

O fato do envelhecimento do sistema imunológico está associado ao agravamento da Covid-19 em idosos. Conforme o geriatra, mais velhos costumam produzir menos anticorpos, o que prejudica a eficiência no organismo.

Sistema imune dos idosos tem “resposta mais lenta”

Outro caso de morte que repercutiu foi o do cantor Agnaldo Timóteo, que faleceu devido à infecção dias após complementar o esquema vacinal.

Toda vez que uma vacina é aplicada existe uma formação de anticorpos. Porém, pela própria cadência do sistema imune, a eficácia demora nos mais velhos, explica o médico.

“O sistema imune dos idosos é mais lento em dar sua resposta, então, o pico acontece, em geral, de forma retardada em relação aos jovens. Até o idoso conseguir fazer uma resposta mais eficaz demora um pouco mais de tempo e eventualmente prejudica [a recuperação], além do próprio envelhecimento do pulmão”, explica.

Além disso, a maior exposição e ainda o desconhecimento sobre a “durabilidade” da imunização, pode influenciar a morte das pessoas que já foram vacinadas.

Por mais que existe uma grande repercussão nos casos de pessoas que morreram mesmo com as duas doses da vacina, dados mostram que o fenômeno é raro.

Esposa com sintomas leves

Glória Menezes, de 86 anos, esposa de Tarcísio, foi internada junto ao marido, no Hospital Albert Einstein, no dia 6 de agosto, em São Paulo, após o diagnóstico.

A maneira como o organismo da atriz reagiu ao coronavírus pode estar ligada com a resposta das células T, responsáveis por estimular a produção de anticorpos e/ou atacar diretamente as células infectadas.

Além disso, um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, mostrou que mulheres apresentam uma resposta imunológica mais eficiente contra o vírus da Covid-19 em comparação aos homens, e isso impede a propagação da infecção.