Doar sangue é um daqueles gestos que fazem toda a diferença. E muitos jaraguaenses têm esse gesto de beneficiar as pessoas impedido pelo fechamento do Hemosc de Jaraguá do Sul (Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina) desde abril.

O fechamento da unidade afetou um jaraguaense que doa sangue há 45 anos, desde 1975. O homem, que prefere não se identificar, foi diagnosticado com leucemia e vinha recebendo normalmente as bolsas de sangue até o dia 28 de abril.

"Nesse dia o médico deixou prescrito a bolsa de sangue, mas o Hemosc não liberou porque estava com estoque baixo e só estava enviando para pacientes de alto risco", comenta a filha do doador.

No dia seguinte, a família enviou mensagens para amigos e a solidariedade dos jaraguaenses fez o homem receber as bolsas no mesmo dia. A filha conta que desde então, estão questionando os enfermeiros que vem aplicar as bolsas diariamente.

"A resposta deles foi que o estoque ainda estava baixo. Então organizamos uma nova campanha pelo WhatsApp abrangendo mais pessoas e houve uma grande adesão de pessoas que se sensibilizaram", destaca.

Data da reabertura

Questionada sobre o fechamento temporário do Hemosc de Jaraguá do Sul, a responsável pela unidade Raquel Ribas, disse que a coleta no município foi suspensa desde o dia 6 de abril e que deve ser retomada novamente na próxima segunda-feira, dia 11 de maio por meio de agendamento. O contato para este agendamento das doações pode ser feito pelo telefone (47) 3055-0454.

Segundo consta no site do Hemosc, as medidas de fechamento de algumas unidades de coleta foram tomadas tendo em vista a transmissão comunitária da Covid-19, visando minimizar a exposição dos doadores, pacientes e colaboradores.

Segundo Tainara Zilah Farias, do setor de Captação de Doadores do Hemosc de Joinville, somente as unidades de coleta fecharam, enquanto os Hemocentros seguiram com atendimento mantendo todos os cuidados devidos com os doadores e colaboradores.

"Em Santa Catarina trabalhamos como Hemorrede, no qual um auxilia o outro", explica.

Tainara comenta que todos os hemocentros estão trabalhando somente com horário agendado para evitar a aglomeração de pessoas. No agendamento, via telefone, são feitos questionamentos para aos doadores sobre viagens, sintomas ou contato com alguém que tenha Covid-19. "Também realizamos a higienização das mãos na entrada do hemocentro, distanciamento de cadeiras, álcool em gel disponível e todos devem estar de máscara".

 

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul