Na última sexta-feira (30), cinco cidades de Santa Catarina começaram os testes de um aplicativo da Polícia Militar que permite o registro de ocorrências e que conta com um botão de pânico para vítimas de violência doméstica que possuem medida protetiva contra o agressor.

A ferramenta criada para celulares (disponível apenas Android, por enquanto), possibilita uma comunicação direta com a PM, segundo a corporação.

 

 

Disponível para moradores de Criciúma, Treviso, Siderópolis, Nova Veneza e Forquilhinha, o app “PMSC Cidadão”, vai ser testado durante 30 dias. Se for aprovado, deve ser disponibilizado para o restante do estado.

As cidades cobertas pelo 9º Batalhão da PM, foram escolhidas por ter uma Central de Emergência com poucas perdas de ligações, rede de vizinhos bem sedimentada e rede de proteção à mulher com retornos preventivos.

Foto PMSC

Fora o botão de pânico para as mulheres e o registro de ocorrências, quem usar o aplicativo também pode receber feedback sobre atendimentos, acessar informações sobre a rede de proteção à vítima de violência doméstica, por exemplo, endereço de delegacias especializadas e receber comunicações da PM sobre segurança.

O app é uma parceria da PM com o Ministério Público de Santa Catarina e o TJSC.

Fonte: G1

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger