Suíte Vollard, mais conhecido como "prédio que gira" é uma baita referência na cidade de Curitiba. E com certeza causa muitas dúvidas na população. A construção, localizada no bairro Mossunguê, foi inaugurada há 14 anos e, desde lá, nunca foi habitada.

Isso por causa de problema judiciais enfrentados pela Construtora Moro, responsável pela obra e também por causa do alto valor dos apartamentos, que inicialmente eram vendidos pela bagatela de R$ 2,376 milhões.

Com 11 andares, o prédio giratório é um ponto de referencia na cidade. Foto: Marco Charneski.

Agora, a construção será leiloada. Na verdade já foi, mas, esse primeiro leilão não deu nada certo! Ninguém quis comprar os apartamentos.

O primeiro leilão aconteceu ontem (6) e nenhum lance foi registrado. A data para a segunda hasta já foi marcada, será no dia 13.

Sobre os valores dos apartamentos, desta primeira vez, os lances iniciais eram de R$ 730 mil para o primeiro andar (que já esta pronto para morar) e os demais R$ 630. No próximo leilão, os valores iniciais devem ser a partir de R$ 378 mil, ou seja 40% de desconto.

Esses valores são bem pequenos, comparando com o valor que pediam na inauguração do edifício, R$ 2,3 milhões.

Os valores dos apartamentos no leilão serão uma "bagatela" se comparar com o valor da inauguração. Foto: Marco Charneski.

E pra quem ainda esta se perguntando "tá, mas e o prédio gira ou não gira?", sim, minha gente! Ele gira sim! Imagina que irado!

Esta "magia", acontece graças a um sistema de motores instalados na parte externa dos apartamentos, que quando em funcionamento, acionam um mecanismo de rodas dentadas.

A inspiração para esta construção foi Pablo Picasso. E a ideia de o prédio girar é para que os moradores possam estar no mesmo cômodo, só que ter vistas diferentes, já que é possível girar 360 graus. Não é fantástico? Hahaha

O prédio gira quase sem nenhum impacto, pois gira de forma lenta. Foto: Marco Charneski,

Assim como o primeiro leilão, o segundo também será aberto ao público e irá acontecer na sede do leiloeiro, na Rua Jacarezinho, 1.257. Os lances também podem ser feitos pelo site PB Castro.

A pergunta que deixamos é: vocês morariam em um prédio que gira?

Fonte: Haus.

----

RECEBA NOSSO CONTEÚDO EM PRIMEIRA MÃO NO SEU WHATSAPP CLICANDO AQUI.

----