Desde o último sábado (7), bombeiros de várias partes do mundo chegaram em Santiago, no Chile, para participar de uma especialização em resgate urbano. Entre os selecionados para a formação estão dois voluntários da corporação de Jaraguá do Sul: Luan Macedo e Marciano Pereira. Depois de retornarem, eles serão responsáveis por repassar o conhecimento para os demais colegas. O curso aborda diversas áreas correspondentes ao trabalho dos bombeiros e teve as vagas bastante disputadas. Entre os selecionados, além dos brasileiros, há bombeiros do Equador, Uruguai, Panamá e Colômbia, países membros da Organização dos Bombeiros Americanos (OBA). Eles foram recebidos no aeroporto pelo coordenador de ensino dos bombeiros de Santiago, Don Hernán Sagredo Huerta. Antes do curso, os jaraguaenses visitaram diferentes quartéis onde foram recebidos por funcionários e voluntários. O curso vai até o próximo domingo (16). O objetivo é preparar os alunos participantes em várias técnicas e estratégias táticas, para que possam realizar uma busca bem sucedida a vítimas em caso de desastre. O comandante da unidade Neilor Vincenzi viaja domingo para o Chile, junto de outros quatro bombeiros, e desde já avalia a experiência. “São mais pessoas especializadas em nossa região, isso é muito importante, sempre apoiamos nossos bombeiros a buscar mais capacitação” afirmou Neilor. Experiência internacional Não é a primeira vez que Bombeiros Voluntários correm atrás de experiências internacionais. O comandante de Jaraguá do Sul já fez cursos no Texas, bem como outros bombeiros de Jaraguá do Sul e Guaramirim fizeram estagio em Portugal. Na próxima semana, o intercâmbio será inverso e bombeiros portugueses desembarcam na região. O subcomandante de Guaramirim, Maicon Rosa, fez cursos no Chile.