Candidatos projetam ações para melhorar serviços de saúde

Cotidiano

Por: OCP News Jaraguá do Sul

quinta-feira, 01:30 - 29/09/2016

OCP News Jaraguá do Sul
A cada eleição, a saúde costuma ser um dos temas mais fortes nos discursos e planos de governo de candidatos. Contudo, é uma área que frequentemente gera reclamações e insatisfações por parte da população que utiliza o serviço público, e também da própria classe médica. Para o presidente da União Jaraguaense das Associações de Moradores de Bairros (Ujam), Valmir Ferreira Cristovão, faltam médicos e agentes comunitários nos postos de saúde de Jaraguá do Sul. Segundo ele, a demanda maior é por pediatras e ginecologistas. Além disso, o presidente diz que é preciso encontrar uma maneira de diminuir o tempo de espera que existe entre agendamento e atendimento. “Estão marcando agora somente para dezembro, janeiro. Tem que acabar com essa demora”, relata. Cristovão espera comprometimento da próxima gestão para dar continuidade aos projetos já existentes para novos postos de saúde, assim como para manter as novas unidades construídas neste governo. O presidente da Associação de Moradores do bairro Santo Antônio, Valdemar Pereira Prestes, também cita o agendamento de consultas como algo a ser melhorado. “Tem o agendamento para não ter que fazer fila de madrugada no posto de saúde, mas a doença não tem hora marcada para aparecer”, observa Prestes, reforçando a necessidade de mais médicos atendendo nas unidades diariamente. Na avaliação do presidente da Associação Médica Jaraguá do Sul (AMJS), o médico patologista Antônio Carlos Scaramello, uma das principais medidas que trariam melhoras significativas para a saúde do município é o aparelhamento dos postos, dando a capacidade de resolver no mesmo local os procedimentos necessários ao paciente. O médico percebe que atualmente, além de o paciente precisar ir cedo ao posto de saúde para marcar sua consulta, há necessidade de ir até o centro para realizar algum exame, para o qual também é preciso agendamento, tendo que retornar à unidade de saúde em outro momento. Esta demora seria, conforme o presidente, um dos motivos pelo qual o paciente acaba preferindo ir ao pronto socorro, superlotando os hospitais, em vez de ser atendido no local indicado para tratar dos casos que não são urgência. “Então a gente pediu (aos candidatos) que se busque uma forma de resolver mais rapidamente as consultas no próprio posto de saúde, seja na forma de coleta de exames no próprio local, ou então centralizar num laboratório do município para que a maior parte dos exames sejam feitos rapidamente ali”, sugere. tidio Antídio Lunelli (PMDB) “Nossas metas incluem fortalecer o atendimento público gratuito no Hospital São José e Hospital Jaraguá, fortalecendo parcerias com o governo do Estado e Federal. Iremos implantar um sistema de gestão da informação, saberemos diariamente para onde vai cada centavo empenhado no serviço de saúde. Com esse controle podemos otimizar ou remanejar recursos de acordo com a demanda, sendo assim, iremos atender melhor lugares com problemas. Com esta economia, queremos projetar a criação de um aplicativo para agendamento de consultas e informações. E claro, priorizar as consultas e exames de especialidades, o que faremos de forma organizada e com agilidade. Nossa equipe de secretários vai trabalhar 24 horas por dia para sanar os problemas da população, assim como o prefeito.” ivis   Ivo Konell (PSB) “O mínimo que uma população merece é uma boa estrutura na área de saúde. Se eleito, vou trazer melhorias efetivas a essa área que está tão abandonada. Uma das minhas primeiras ações será a construção de três novos Pama’s, no bairro Água Verde, Ilha da Figueira e Jaraguá Esquerdo. Ainda, pensando nos moradores dos bairros, planejamos a construção de mais quatro postos de saúde no município! Queremos acabar também com outro descaso, as filas para consultas de especialidades! Para isso, vamos reestruturar o Centro de Especialidades da Policlínica Dr. João Biron. Outra preocupação de nossa gestão é com os remédios da Farmácia Básica, vamos aumentar a lista já existente e ainda disponibilizar mais farmácias para facilitar o acesso da população a esse benefício!” pedr Jair Pedri (PSD) “Nossa gestão deve ser marcada pela criatividade. Vamos economizar cerca de R$ 500 mil por ano com o corte de 20% nos salários do prefeito, vice e secretários, e redirecionar este dinheiro para aumentar a oferta de exames e consultas. Hoje, mais de 20 mil pessoas estão na fila. Ampliaremos a parceria com os hospitais para consultas e procedimentos de alta e média complexidade. Os postos de saúde serão equipados e terão mais profissionais. Isso melhora o atendimento e as condições de trabalho dos servidores. Vamos facilitar a distribuição de remédios com receitas de consultórios e criar o programa de entrega de medicamentos em casa para pessoas acamadas. O serviço médico ambulatorial ao idoso será reativado, pois não podemos esquecer dos nossos idosos.” pts2 Luiz Ortiz (PT) “Nós queremos consultas rápidas, exames rápidos, tratamento rápido, porque saúde que demora não salva vidas. Por isso nossa primeira ação será ampliar e equipar o Pama do Czerniewicz para torná-lo 24 horas. Construiremos também uma Unidade de Pronto Atendimento, a UPA 24h. Faremos uma clínica de fisioterapia e um centro de diagnóstico e imagem para ampliar o atendimento e agilizar diagnósticos e tratamentos. Integraremos a rede de postos de saúde, as consultas poderão ser remanejadas para outras unidades que se encontrarem com menor solicitação no momento, responsabilizando-se a Prefeitura pelo transporte do paciente, diminuindo assim as filas e aproveitando melhor a estrutura. Transparência nos postos de saúde, com o nome dos profissionais e seus respectivos horários de atendimento.”
×