Candidatos participam de sabatina no Centro Empresarial

Cotidiano

Por: OCP News Jaraguá do Sul

segunda-feira, 09:14 - 19/09/2016

OCP News Jaraguá do Sul
O Centro Empresarial de Jaraguá do Sul irá realizar, na próxima segunda-feira (19) e no dia 26, duas plenárias especiais com a presença de três dos quatro candidatos à prefeitura de Jaraguá do Sul. Na ocasião, Antídio Lunelli, Ivo Konell e Jair Pedri ficarão frente a frente com representantes da Acijs, da Apevi, da CDL e dos Sindicatos Patronais para apresentar propostas e sanar dúvidas a respeito das melhores soluções para o crescimento do município. Segundo informações divulgadas ontem, o candidato Luiz Ortiz (PT) ficará de fora da sabatina por não ter assinado um documento entregue pelas entidades. Os encontros terão início às 18h, sendo que cada candidato terá 1h30 para explanação. Entre as regras estipuladas pelas entidades para o embate está o tempo limite de 3 minutos para resposta e 10 minutos de explicações introdutórias. As plenárias são abertas para a comunidade, mas não haverá espaço para novas perguntas, já que os questionamentos serão previamente definidos pelas entidades. De acordo com o presidente da Associação Empresarial de Jaraguá do Sul (Acijs), Giuliano Donini, a expectativa das entidades é tentar extrair o máximo possível sobre os projetos e compromissos assumidos pelos candidatos. “Todos que pleiteiam estar neste posto precisam assumir compromissos, e quanto mais explícitos forem, melhor, pois depois a comunidade pode interagir e assim evitar promessas de campanha e baixos níveis de execução”, ressalta o presidente da Acijs. Conforme Donini, o objetivo das sabatinas também é questionar propostas, entendendo quais são os critérios de priorização dos candidatos. “O que esperamos é que o prefeito, o vice, os vereadores, sejam pessoas de coragem. Que consigam enfrentar o ambiente desconfortável que vivemos. Claro que temos que ter bom senso de entender que não dá para querer que a máquina pública faça tudo, mas também temos que pontuar que queremos representantes aptos para enfrentar este ambiente com serenidade, seriedade, em uma administração enxuta e eficaz”, salienta. As plenárias acontecem no grande auditório do Centro Empresarial, com capacidade para receber 400 pessoas. A expectativa das entidades é lotar o espaço e contar com a participação de peso da comunidade. Como será a dinâmica? Cada candidato a prefeito receberá 10 minutos introdutórios, onde terá a oportunidade de fazer as considerações pertinentes para o contexto do encontro. Na sequência, será dedicada uma hora para a realização de perguntas previamente estabelecidas. Cerca de 60% das perguntas serão idênticas para os quatro candidatos e enviadas dias antes do encontro. O restante será customizado de acordo com os projetos e posicionamentos já apresentados durante a campanha, e serão repassadas aos candidatos 15 minutos antes do início da sabatina. Os participantes terão o tempo limite de três minutos para responder a cada questão. O ex-presidente da Acijs, Gilmar Moretti, será o mediador do encontro e responsável por garantir o cumprimento da norma. As respostas deverão ser objetivas e focadas no tema especificado na pergunta. Se considerar pertinente, o candidato poderá designar o vice para responder a questão. Além disso, serão elaborados dois ou três questionamentos para o vice, a fim de dar mais visibilidade e voz aos candidatos. Ortiz Primo fica fora da sabatina O Centro Empresarial informou ontem, em nota, que o candidato do PT Luiz Ortiz Primo e o vice Mário Viana não participarão da sabatina, agendada para o dia 19. Segundo o Cejas, a decisão ocorreu porque o partido declinou, por orientação de seu departamento jurídico, da assinatura do documento apresentado aos candidatos com sugestões das entidades. Por meio da assessoria de imprensa, o presidente da Acijs e do Cejas, Giuliano Donini, disse lamentar a decisão do partido, uma vez que os termos apresentados “são de caráter positivo” e “em momento algum as entidades empresariais submeteriam os candidatos a um engessamento”. Ortiz Primo destacou que, apesar do grande interesse em participar do evento, o partido optou por não assinar o documento, pois “não concorda” com algumas das exigências apresentadas. “Mandamos um ofício falando que discordávamos de certas propostas e as entidades optaram por não aceitar nossa presença no debate. O nosso compromisso é com toda a população. Isso inclui as entidades, é claro, mas temos que pensar que o compromisso abrange a todos”, disse o candidato.
×