Candidatos de Jaraguá listam propostas para a área cultural

Cotidiano

Por: OCP News Jaraguá do Sul

sexta-feira, 04:00 - 02/09/2016

OCP News Jaraguá do Sul
Em época de eleição, muitas promessas surgem. É importante saber dos planos de cada um dos candidatos para decidir o voto e, também, cobrar do eleito que as coloque em prática. Pensando nisso, a reportagem de O Correio do Povo ouviu as propostas dos candidatos à Prefeitura de Jaraguá do Sul para desenvolver a cultura. Os membros da diretoria da Setoriais de Cultura e representantes da classe, Fábio Prates e Sandra Baron, apontaram algumas prioridades da área que poderiam guiar as políticas do próximo prefeito . “O mais importante é que o prefeito e vereadores abram um diálogo com a classe artística, porque somos um grupo pequeno fazendo um esforço para que as coisas melhorem no cenário artístico da cidade. O ideal seria manter o diálogo aberto e frequente entre a classe, Câmara e administração municipal”, explicam. A diretoria concorda que a área cultural na cidade está caminhando bem, sendo que a comunidade é atendida nesse aspecto. O que falta, segundo eles, é maior atenção aos artistas. “Sentimos uma grande mudança no panorama artístico profissional de Jaraguá do Sul, muito também devido ao Fundo de Cultura. Mas os artistas daqui precisam de mais atenção no que diz respeito a condições de exercer essa profissão”, exaltam. Entre as sugestões da dupla esta a criação de um espaço público onde os artistas possam realizar apresentações - sem a necessidade de contratação do governo municipal - e onde possa ser cobrado ingresso. Eles destacam também uma maior atenção ao Fundo Municipal de Cultura, com o aumento do número de projetos contemplados, e espaço próprio para feiras de artesanatos - com produtos que carreguem uma identidade local. Eles acreditam também que poderiam ser criados incentivos para facilitar a legalização de associações, abertura de empresas para artistas (maior entendimento de como funcionam as empresas de natureza cultural e regras de acordo com elas), além de incentivo e suporte para a profissionalização artística local.   LUNELLI maestroAntídio Lunelli Para o candidato Antídio Lunelli (PMDB), a cultura tem importante função na formação do cidadão e é uma dos grandes propulsoras da economia. “Hoje, Jaraguá do Sul é referência cultural na América Latina com o Femusc, que há 11 anos atrai professores e alunos do mundo inteiro. Vamos utilizar a expertise de Udo Wagner e inserir o maior festival de música escola nas salas de aula da rede pública, para que nossos alunos tenham a cultura como uma prática diária”, projeta. Ele também fala em manter festividades importantes da cidade, como a Schützenfest. “Além de outras iniciativas que valorizam as tradições, etnias, sociedades de tiro, que têm uma vasta riqueza cultural. Sabemos a importância de mantê-las e reforçá-las”, destacou Lunelli.   IVO KONEL dancandoIvo Konell O candidato Ivo Konell (PSB) pretende fazer melhorias no Parque de Eventos, palco da Schützenfest “o maior evento cultural da cidade”, segundo ele. Entre as ações que ele pretende colocar em prática está o incentivo às manifestações culturais de todas as etnias existentes na cidade, ampliação dos projetos de oficinas temáticas e do apoio à Scar e Festival de Dança. A ideia dele é, se eleito, aumentar a oferta de projetos culturais nos bairros, nas várias entidades já existentes. No planejamento está ainda a revitalização da Praça Ângelo Piazera, incluindo moderna pista de skate, e uma Casa da Cultura com objetivo de oferecer oficinas de teatro, dança, música, canto, pintura e artesanato.   JAIR PINTANDOJair Pedri Jair Pedri (PSD), da coligação Pra Fazer Diferente, promete desenvolver ações baseadas em dois eixos: um físico e outro humano. No plano de governo dele está prevista a implantação de um parque para feiras, exposições e atividades culturais, a revitalização do Mercado Público e a construção de uma sede própria para o Arquivo Histórico. “O eixo humano compreende as manifestações culturais e as pessoas que produzem e vivem da cultura, estando propostos o apoio às entidades e a oferta de cursos de formação para a comunidade, em parceria com artistas e produtores locais, além de ações para levar a cultura aos bairros”, completa o candidato.   LUIZ ORTIZ 2Luiz Ortiz A criação de uma Casa da Cultura com sede própria é uma das iniciativas previstas pelo candidato Luiz Ortiz (PT) para fomentar o desenvolvimento e a promoção das diversas manifestações culturais no município. Ele também planeja colocar em prática o projeto Cidade Educadora, inspirado em um programa mundial, que oferece aos cidadãos do município formação sobre respeito, tolerância, participação, responsabilidade e interesse pela coisa pública, seus programas, seus bens e serviços. “Construiremos um Parque Temático Cultural com espaço para exposições artísticas permanentes e que também abrigará o Museu Itinerante, além de ser equipado com mini-teatro, mini-cinema, concha acústica, etc”, afirma.
×