A Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul aprovou, nesta quinta-feira (14) em sessão, um projeto de lei que autoriza o Executivo a repassar o valor de R$ 1,9 milhões ao Hospital São José para manutenção da Unidade de Apoio ao Pronto Socorro (UAPS). O dinheiro sairá do Fundo Municipal de Saúde (FMS) e vai garantir o funcionamento da Unidade até o final de 2022.

A UAPS foi criada com o objetivo de ajudar o HSJ no enfrentamento à Covid-19, realizando atendimentos médicos classificados como não urgente e pouco urgente, conforme a classificação de risco do Protocolo Manchester.

A Unidade atua ajudando a aliviar as filas de espera no Pronto Socorro do Hospital. A criação desse espaço foi um pedido recorrente dos vereadores em 2021.

O projeto que autoriza o repasse foi aprovado e enviado ao Executivo para sanção do prefeito Jair Franzner. Os recursos transferidos pela Prefeitura servirão para pagar o aluguel do local, a folha salarial, compra de uniformes, planos de saúde, honorários médicos, entre outras despesas.