O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou um financiamento de R$ 12,6 milhões para a construção, expansão e modernização dos complexos cinematográficos do Grupo Arcoplex. Parte desses recursos será enviado a Jaraguá do Sul e deve cobrir os investimentos com as novas salas de cinema no shopping da cidade. Com a expansão da estrutura, a cidade passará a ter cinco salas, sendo duas novas e três totalmente reformadas, e 939 assentos. Segundo informações divulgadas pela Arcoplex, todas as novas salas terão bilheteria e bombinère informatizadas, poltronas numeradas e vendas de ingresso antecipada. As salas terão o sistema stadium e uma delas será equipada para a exibição de filmes 3D. No final do ano passado, em entrevista ao jornal Correio do Povo, o diretor da rede, Mário Luiz dos Santos, afirmou que a intenção era finalizar as obras até fevereiro deste ano. Além de Jaraguá do Sul, a rede irá investir os recursos na ampliação do cinema de Itajaí e na construção de dois novos complexos, nas cidades de Araranguá (SC) e Gravataí (RS). Dos R$ 12,6 milhões obtidos pelo financiamento, R$ 10,6 milhões serão repassados pelo  Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) e R$ 2 milhões pelo Programa para o Desenvolvimento da Economia e da Cultua (BNDES Procult). No total, a empresa irá investir R$ 18,7 milhões nos projetos.