Nesta segunda-feira (13), a Prefeitura de Blumenau confirmou mais duas mortes relacionadas ao coronavírus. As vítimas foram dois idosos, um de 63 e outro de 67 anos, que tinham comorbidades. Agora, a cidade contabiliza 19 óbitos de pacientes que tiveram a doença diagnosticada.

O número de casos da Covid-19 segue crescendo aceleradamente no município. Nas últimas 24 horas, houve a confirmação de 212 novos infectados, totalizando 4.460 contaminações até o momento.

Uma situação que tem causado preocupação é o comprometimento da estrutura hospitalar. A taxa de ocupação dos leitos de UTI reservados para atendimento de pacientes com confirmação ou suspeita de coronavírus atingiu 81% na cidade. Dos 63 leitos separados para tratamento avançado da doença nos hospitais, 51 estão ocupados atualmente. São 44 pacientes de Blumenau e outros sete de municípios da região.

Para tentar evitar um colapso no sistema de saúde, mais 25 leitos públicos de UTI serão implantados - dez no Hospital Santo Antônio e 15 no Hospital Santa Isabel. Contudo, essas novas estruturas devem demorar cerca de dez dias para ficarem prontas.

O prefeito Mário Hildebrandt (Podemos) afirmou que haverá uma "operação de guerra" para a montagem desses leitos. "Mas isso não significa que nós vamos relaxar. Não é porque teremos mais leitos que estaremos tranquilos. Não é nada disso. O crescimento dos números não nos dá esse direito a uma flexibilização", alertou.

 

 

A partir desta terça-feira (14), as novas medidas de restrição, que foram anunciadas pela Prefeitura no domingo (12), entram em vigor, entre elas está a suspensão do transporte coletivo por 14 dias e a limitação dos horários de funcionamento de shoppings, bares, padarias e restaurantes.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Telegram Jaraguá do Sul