Equipe de Educação Ambiental da Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente está pronta para recepcionar mais um grupo de visitantes no Parque Natural Municipal Morro dos Stinghen. A próxima visita está agendada para o dia 24 de março, com início às 8h30 e término previsto para 10h30. A ação tem como objetivo principal apresentar a primeira unidade de conservação de Jaraguá do Sul e sua trilha ecológica, com 1.100 metros. As inscrições são gratuitas e a visita está limitada a 20 participantes, com idade mínima de 12 anos. A orientação é para que os inscrições levem água, lanche e repelente, usem calçado fechado e calça. O passeio pela trilha ecológica tem grau de dificuldade fácil. As inscrições podem ser feitas online. Em 2018, a Fujama abriu o Parque Natural Municipal Morros dos Stinghen para visitação pública. Em fevereiro, ocorreu a primeira visita que, após uma breve aula sobre a importância do parque e da conservação do meio ambiente, fez um passeio guiado pela trilha. O grupo teve a oportunidade de acompanhar a soltura de uma corujinha-do-mato resgatada naquela mesma semana pela equipe da Fujama. “A intenção é levar munícipes para conhecer as instalações, com o objetivo de sensibilizar a população sobre a importância do parque para a conservação da fauna e flora local”, explica o biólogo Christian Raboch Lempek, chefe de Educação Ambiental da Fujama. O Parque com área de 41 hectares está localizado na área rural do município, com acesso no limite entre os bairros Barra do Rio Molha e Barra do Rio Cerro (Rua Francisco Stinghen). Trata-se da primeira Unidade de Conservação Pública do Município e do Vale do Itapocu, criando um importante cinturão verde, que cerca Jaraguá e segue do Morro da Boa Vista até a região da Pedra Branca. Seu objetivo é a conservação e a preservação da Mata Atlântica, possibilitando a realização de pesquisas científicas e o desenvolvimento de atividades guiadas de educação e interpretação ambiental em contato com a natureza, além da soltura de animais silvestres resgatados pela Fujama. Estudos da Fujama no local identificaram 113 espécies de aves e 12 espécies de mamíferos, algumas delas presentes nas listas de animais ameaçados de extinção. *Com informações da Prefeitura de Jaraguá do Sul