Durante o mês de julho, 25 pessoas vão ilustrar  a campanha “Temos 25 motivos para sorrir”, que o Grupo Breithaupt está desenvolvendo em parceria com a Rede OCP News e a 105 FM. O objetivo da série é contar as histórias de pessoas que compartilham o mesmo dia de aniversário com Jaraguá do Sul: 25 de julho. Confira!

Nascida em Jaraguá do Sul, Irma Liesenberg da Silva vai completar 65 anos no dia 25 de julho, mesmo dia do aniversário de Jaraguá do Sul. Ela se diverte lembrando que a vantagem de aniversariar junto com a cidade é que sempre foi feriado no dia do seu aniversário. “Sempre dava para fazer uma festa tranquila”, brinca.

Assim deve ser no próximo dia 25, quando familiares e amigos devem se reunir para dar os parabéns para a aposentada e, de quebra, deliciar-se com os empadões, tortas, bolos e demais delícias que saem de suas mãos habilidosas, e que além das festas em famílias também são compartilhados em gostosas tardes de bate-papo com as amigas.

Irma acha divertido fazer aniversário no mesmo dia que Jaraguá do Sul | Foto Fabio Junkes/OCP News

Moradora do bairro Czerniewicz, hoje aposentada, Irma não teve uma vida fácil. “Fiz de tudo um pouco.” Ela conta que começou na faxina, depois trabalhou em várias indústrias como costureira, depois na Indústria de Calçados Borch, na Jaraguá Fabril e por último na Crismar Malhas, no Portal de Jaraguá, até chegar a merecida aposentadoria, há quatro anos. “Me aposentei aos 60 anos, por tempo de serviço por idade também.”

Mãe de Silvio, 42 anos; Sidnei, 40; e Mônica, 39, Irma tem verdadeira adoração pelos netos Gustavo, 13 anos, filho do Silvio, e Davi Lucca, 1 anos e oito meses, filho do Sidnei. Ela convive muito com eles, pois moram todos no mesmo prédio e costumam almoçar juntos.

Uma rotina diversificada

Viúva há 16 anos, ela foi casada com Mario por 30 anos e desde a morte do marido optou por não ter outros relacionamentos. “Foi uma opção de vida, sou um pouco individualista”, confessa.

Superado o trauma da morte trágica do marido, ela encontrou com a ajuda de profissionais a realização na convivência harmônica com a família e se considera uma pessoa feliz.

Entre os planos imediatos está a reforma da casa, que já está em execução, e continuar investindo no orquidário e em suas flores e na horta, uma paixão que cultiva desde criança e que hoje se tornou seu principal hobby.

Embora participe sempre de feiras e eventos ligados ao cultivo de plantas, se considera amadora e sua maior diversão é reunir-se com as amigas para acompanhar o crescimento das plantas e trocar informações e mudas.

Nas temporadas de verão, muda seu endereço para a casa de praia em Barra Velha, onde passa dois a três meses com a família, mas não descuida do orquidário.

Irma se classifica como uma pessoa realizada, diz que apesar da vida nem sempre fácil e das dores de perdas de entes queridos, acredita ser uma pessoa abençoada por Deus, que além da família tem as amigas com quem se reúne quase todo fim de semana para apreciarem as plantas e tomarem um gostoso café.

Quer receber as notícias no WhatsApp?