Quinze anos se passaram desde que o 14º Batalhão de Polícia Militar abriu as portas em Jaraguá do Sul. Desde então, a evolução do policiamento e capacidade técnica contribuíram, ao lado de outros setores da sociedade, para manter o município com bons índices em segurança pública, como o recente título de cidade mais pacífica do país pelo Atlas da Violência, concedido diante do número reduzido de homicídios registrados em 2015.   Atendendo a um requerimento do vereador Anderson Kassner (PP), a Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul realizou na noite desta quinta-feira (29), sessão em homenagem aos 15 anos do 14º Batalhão da PM de Jaraguá do Sul. Segundo o comandante do batalhão, tenente-coronel Gildo Andrade, entre os diferenciais da unidade está a união da tropa. “O batalhão tem como diferencial a união aliada a uma gestão eficiente, tendo como valores a hierarquia, a legalidade e a disciplina. Ao longo dos anos, a adoção de uma conduta ética possibilitou a formação de parcerias com a iniciativa privada, poderes constituídos e entidades não governamentais”, comenta. Desde 2002, quando a unidade deixou o status de companhia, houve crescimento estrutural e tático. Do início restrito à radiopatrulha, hoje a unidade conta também com rondas ostensivas, canil setorial, Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) e o Programa de Resistência às Drogas (Proerd). Além desses segmentos, o 14º Batalhão possui setores administrativos, cujas atividades são desenvolvidas por policiais militares, agentes temporários e funcionários civis. O efetivo também alcançou a marca de 220 policiais – 12 em Massaranduba, 12 em Corupá, 13 em Schroeder, 39 em Guaramirim e 144 em Jaraguá do Sul. “Ao comemorarmos os 15 anos da instituição, ressaltamos o trabalho individual de cada policial militar, que dedica sua vida para cuidar das pessoas e da cidade. São homens e mulheres motivados pelos ideais nobres de sua profissão. Saem de suas casas dispostos a pôr sua vida em risco para cumprir sua missão”, afirma o comandante. O comandante geral da Polícia Militar de Santa Catarina, Paulo Henrique Heen, fez questão de parabenizar a unidade. “Esse batalhão faz parte dos nossos 182 anos de PM em Santa Catarina, e, sem dúvida, faz a diferença pois age muito na prevenção. Desde o mais moderno soldado ao mais antigo oficial, estão todos de parabéns”, disse Henn. História do Batalhão Os primeiros relatos sobre a chegada da Força Policial no Baixo Vale do Itapocu remontam ao ano 1901. O soldado Gabriel de Moraes foi enviado para o Distrito Policial de Jaraguá, após ter participado da Revolução Farroupilha. No ano de 1938, o 1º Tenente da Polícia Militar, Leônidas Cabral Herbster, foi transferido para a região e atuou como titular da Delegacia Auxiliar da comarca. Em 1986, a Polícia Militar de Jaraguá do Sul tornou-se 3ª Companhia do 8º Batalhão sediado em Joinville. No ano de 1988, concretizou-se a doação de um terreno, onde hoje se encontra edificada a sede própria do 14º Batalhão, criado por decreto em 2002 com abrangência aos municípios de Corupá, Guaramirim, Massaranduba e Schroeder. Os homenageados Na sessão da Câmara, representando parte da história da PM no município, receberam placas os ex-comandantes que passaram pela instituição e que contribuíram para seu desenvolvimento: Coronel Fernando Rodrigues de Menezes: comandante do 14º Batalhão de 2002 a 2004 Coronel Ricardo Alcebíades Broering: comandante de 2004 a 2007 Coronel César Roberto Nedochetko: comandante de 2007 a 2008 Coronel Rogério Luiz Kumlehn: comandou o batalhão de 2008 a 2011 Coronel Rogério Vonk: comandante de 2010 a 2011 e de 2015 a 2016 Coronel José Luiz Gonçalves da Silveira: comandante de 2011 a 2015 e tenente-coronel Gildo Martins de Andrade Filho: atual comandante do 14º Batalhão de PM de Jaraguá do Sul