Taila Santos não lutará mais no próximo dia 20 de junho. Escalada para enfrentar Gillian Robertson, no Canadá, a jaraguaense foi retirada do UFC Saskatoon, devido ao país não estar permitindo a entrada de brasileiros por conta da pandemia do novo coronavírus.

Com isso, a organização anunciou um novo combate para lutadora de 26 anos. No dia 15 de julho, Taila vai encarar a inglesa Molly McCann, na Ilha da Luta, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, pelo peso-mosca.

Foto: Divulgação/UFC

Essa será sua segunda luta no Ultimate. Oriunda da primeira temporada do Contender Series Brasil, em 2018, a jaraguaense perdeu em sua estreia no evento, em fevereiro do ano passado, para italiana Mara Borella, em decisão dividida dos juízes, no UFC Fortaleza.

Já McCann, de 30 anos, também entrou no UFC em 2018, mas já fez quatro lutas. Após perder a primeira, emplacou uma sequência de três vitórias consecutivas, sendo a última em outubro de 2019 sobre a romena Diana Belbita.

Molly McCann | Foto: Getty Images

No MMA em geral, Taila Santos que representa a Astra Fight Team, de Balneário Camboriú, tem um cartel profissional com 15 vitórias (10 nocautes, 2 finalizações e 3 decisões dos juízes) e apenas um revés, justamente no Ultimate.

Molly McCann fez 12 lutas, com 10 vitórias (4 nocautes e 6 decisões dos juízes) e 2 derrotas.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul