A temporada vem sendo complicada para o Sport Club Jaraguá, principalmente pela falta de patrocinadores, três trocas no comando técnico, dispensa de jogadores, longo jejum de vitórias e o risco constante de rebaixamento. Mas um triunfo, na tarde deste domingo (13), pode fazer com que todas estas dificuldades sejam minimizadas, já projetando um 2017 mais estável para o clube. Na rodada derradeira da Série B do Campeonato Catarinense, o Leão do Vale joga por uma vitória simples diante do Hercílio Luz, para garantir sua permanência matemática na segunda divisão. O duelo está marcado para às 16h, no Estádio João Marcatto. IMG_1306 Na penúltima colocação da tabela com oito pontos somados, o Jaraguá busca sair de campo vitorioso para não precisar depender de um tropeço do Porto, que é o lanterna com sete. Mesmo com o rival direto na briga pelo rebaixamento sendo punido nesta semana pelo TJD (Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol de Santa Catarina), com uma suspensão preventiva por inadimplência, o técnico Michael Neves destacou o foco do grupo para o confronto contra os tubaronenses, almejando encerrar uma sequência negativa de 14 jogos sem triunfo. “A responsabilidade é toda nossa, independente da situação do Porto. Não vamos ficar esperando que alguma coisa fora de campo resolva nosso problema. Então vamos enfrentar o Hercílio Luz só pensando na vitória, que é o nosso único objetivo para afastar o risco de rebaixamento”, disse. Para este compromisso decisivo, o treinador terá o desfalque importante do meia Thurran, que cumpre suspensão automática. Em contrapartida, Neves conta com o retorno do zagueiro João Campestrini, recuperado de lesão. Assim, a tendência é que Neves mande a campo um time titular com Jonathan, Jamaica, João Campestrini, Josué e Fernando; Nêgo, Alagoas, Zé e Maranhão; Rossinha e Eduardo (Tanque). Os ingressos para a partida serão vendidos somente nas bilheterias do João Marcatto, momentos antes da bolar rolar, com valor único de R$ 10 para qualquer setor do estádio.