O público deu um espetáculo e lotou a Arena Jaraguá na noite desta sexta-feira (24) para as semifinais da categoria masculina da Copa Brasil de Voleibol.

Em quadra, as quatro principais equipes do país, recheados de estrelas em seus elencos, corresponderam à altura e promoveram um verdadeiro show aos 8.604 torcedores que vibraram a cada jogada.

Foto Lucas Pavin/Avante! Esportes

No fim, melhor para o Sada Cruzeiro (MG) e Sesi-SP, que superaram o Sesc-RJ e Taubaté (SP), respectivamente, ambos por 3 sets a 1, e vão disputar o título da competição na noite deste sábado (25), às 20h30.

Os ingressos para o jogo decisivo na Arena já estão esgotados.

Sada Cruzeiro 3x1 Sesc-RJ

Atual e maior campeão da Copa Brasil com quatro conquistas (2014, 2016, 2018 e 2019), o Sada Cruzeiro se impôs sobre o Sesc-RJ, do técnico Giovane Gávio, e terá a oportunidade de defender o título após uma vitória por 3 sets a 1, parciais de 25/17, 21/25, 25/23 e 25/13.

Lance do jogo | Foto Lucas Pavin/Avante! Esportes

O oposto Luan e o ponteiro Perrin foram os maiores pontuadores, com 16 acertos cada um. Ex-jogador da base de Jaraguá do Sul, onde foi campeão dos Joguinhos Abertos de Santa Catarina, Luan falou da maturidade do Sada para sair com a classificação.

“Foi um jogo difícil. O time deles (Sesc) tem muitas peças que são difíceis de marcar. Começamos bem, erramos muito no segundo set, mas crescemos de novo para chegar a vitória. Saímos felizes e com papel cumprido”, disse.

Do outro lado, o ponteiro Maurício Borges lamentou a postura do time carioca em alguns momentos da partida.

“É difícil falar depois de uma derrota. Erramos muitos saques e temos que pressionar mais o adversário. É estudar o jogo e ver o que aconteceu”, declarou.

Sesi-SP 3x1 Taubaté

O placar de 3 a 1 se repetiu na segunda partida da noite. Em duelo entre os dois últimos finalistas da Superliga, o Sesi-SP deu o ‘troco’ no Taubaté e venceu com parciais de 25/22, 12/25, 25/20 e 25/22. O oposto Alan foi o grande destaque do jogo ao anotar 20 pontos.

Lance do jogo | Foto Lucas Pavin/Avante! Esportes

Ao fim da partida, o levantador William, do Sesi, destacou a tranquilidade da equipe em momentos complicados para garantir o triunfo.

“Mantemos a serenidade no momento mais difícil do jogo que foi o segundo set e isso é importante num jogo de alto nível. Esse foi o principal mérito”, afirmou.

Já para o oposto Lucarelli, do Taubaté, os erros acabaram sendo cruciais para equipe comandada pelo técnico da seleção brasileira, Renan Dal Zotto.

“Depois do ótimo segundo set que fizemos, erramos muitos saques no terceiro, enquanto eles (Sesi) foram inteligentes e não erraram. Isso foi determinante para o resultado. É jogo de duas grandes equipes e o Sesi está de parabéns”, comentou.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger