A Pista de Atletismo de Jaraguá do Sul tem chamado atenção de esportistas com renome nacional.

Além da atleta olímpica, Simone Ponte Ferraz, quem também pode ser vista treinando no espaço é Mariana Marcelino, referência no lançamento de martelo.

A recordista brasileira e primeira a representar o país na modalidade durante os Jogos Pan-Americanos, em 2019, no Peru, utiliza o equipamento público de duas a três vezes por semana.

A preparação envolve os Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), previstos para novembro, em São José.

Natural de Joinville, Mariana conhece parte da estrutura europeia de atletismo e enalteceu a qualificação do Complexo Esportivo Murillo Barreto de Azevedo.

Ela procura um local para iniciar o projeto para as Olimpíadas 2024, em Paris. A atleta ficou a duas vagas para a convocação das Olimpíadas deste ano, em Tóquio, considerando-se o ranking mundial.

Além das Olimpíadas, constam entre os objetivos, participar, em 2022, do Mundial de Atletismo, previsto para julho, em Oregon, nos Estados Unidos.

“Pretendo ultrapassar a barreira dos 70 metros, fato inédito para o naipe feminino no Brasil”, disse.

Entre os títulos em sua carreira, destaque para o tricampeonato Sul-Americano, os sete títulos do Troféu Brasil e o recorde brasileiro Adulto e Sub-23.

*Com informações de Prefeitura de Jaraguá do Sul