Restando menos de um mês para o início da Série B do Campeonato Catarinense, o Grêmio Esportivo Juventus tem mudanças importantes no departamento de futebol. Alegando motivos pessoais, o presidente Sergio Luiz Meldola deixou a presidência do clube, que agora é ocupada pelo até então vice Cristiano Hummenhuk.

Com isso, Meldola encerra um ciclo que durou um ano e seis meses, período em que iniciou uma reestruturação administrativa e financeira da equipe jaraguaense, principalmente depois dos escândalos envolvendo dois dirigentes em 2016 (saiba mais). Já dentro de campo, não conseguiu o mesmo sucesso após duas tentativas frustradas em levar a o Tricolor de volta à elite do futebol catarinense.

Meldola comentou a experiência de presidir clube do coração I Foto: Eduardo Montecino/OCP

“Passei momentos tristes, de raiva, nervosismo, mas fui muito feliz como presidente e fiz tudo que poderia fazer. Amo esse clube de coração e tenho certeza que essa diretoria vai dar continuidade ao trabalho que estávamos desenvolvendo”, disse.

Com a saída de Meldola, o vice Cristiano Hummenhuk assume a gestão. Com uma vida ligada ao clube desde a década de 90, o novo mandatário foi atleta nas categorias de base a partir dos 12 anos e depois fez parte da torcida organizada Raça Tricolor, antes de virar dirigente em 2012, quando a agremiação era presidida por Jerri Luft.

“Sempre tive essa vontade por querer ver o bem do clube. Me afastei em alguns momentos por questões políticas que estavam envolvidas aqui dentro, mas resolvemos tocar o clube em 2016 após todas as polêmicas”, declarou. “É uma sensação única que estou vivendo e sonhava em ter uma diretoria transparente e honesta como essa que está aqui. Não vejo ninguém com âmbito para tirar um réu do Juventus. Aqui não há amarração com ninguém e isso uma hora vai gerar fruto”, completou.

E esse momento, Hummenhuk sonha que seja realizado em curto prazo com o retorno do Moleque Travesso à divisão de elite do futebol catarinense. Mas não só isso. Segundo ele, a continuidade da profissionalização interna é outro passo importante a ser seguido para que o Juventus se torne ainda mais um clube/empresa.

Hummenhuk quer manter clube estruturado administrativamente para brigar pelo acesso à Série A do Estadual I Foto: Eduardo Montecino/OCP

“Querer fazer tudo acontecer é o que fez eu estar aqui. Temos credibilidade para isso pelas pessoas que estão na diretoria. Logo devemos finalizar o conselho que será fundamental para o desenvolvimento do clube, mas também estamos muito focados dentro de campo para que o acesso venha nessa temporada. Montamos um elenco muito forte e vamos brigar até o fim por esse objetivo”, afirmou.

BUSCA POR APOIO

Para alcançar essas metas traçadas, o atual presidente ressaltou a importância de reaproximar o Juventus da comunidade, que acabou desgastada pelas inúmeras ocorrências negativas acumuladas por gestões antigas.

“A imagem está arranhada e até provarmos o contrário vai um tempo prolongado. Outras gestões deixaram seu marco, mas cometeram erros também. A principio estamos tendo apenas acertos e tudo está em dia. Agora, precisamos da confiança dos empresários e da sociedade para voltarem ao clube”, disse Hummenhuk.

De momento, a diretoria fechou com dois patrocinadores para temporada, sem contar com a venda de placas no estádio João Marcatto. Apesar das dificuldades, o novo mandatário afirma que o respaldo junto ao clube vem aumentando, principalmente com a criação de um conselho formado por oito pessoas, que serão divulgados em breve.

“O clube precisava disso para mostrar que estamos nos reerguendo. Quanto a patrocínio, essa é a hora de confiarem no nosso trabalho. Os nosso valores são bem baixos e hoje você pode ser patrocinador master do Juventus por R$ 50 mil. É uma aproximação importante e uma parceria que vai render frutos para os dois lados”, finalizou.

ATUAL DIRETORIA:

  • Presidente: Cristiano Hummenhuk
  • Vice-presidente: Julio Cesar Vieira
  • Segundo Vice Presidente: Luciano João Bessen
  • Terceiro Vice Presidente: Paulo Ricardo Raimondi
  • Diretor Financeiro: Fabio Sobieranski
  • Diretor de Futebol: Cleber Hernacki
  • Diretor de Base: Eduardo Rodrigues
  • Diretor de Patrimônio: Carlos Krutzch