O futebol de Santa Catarina perdeu o seu "Velho Bruxo". Morreu nesta quarta-feira (24) em Florianópolis o ex-técnico Lauro Búrigo, aos 83 anos. Campeão em vários clubes do estado, ele estava internado na UTI do Hospital Baía Sul e não resistiu a uma parada cardiorrespiratória.

Natural de Cocal do Sul, no Sul de Santa Catarina, Lauro Búrigo surgiu para o futebol estadual no final dos anos 1960, dirigindo o Comerciário (atual Criciúma), onde sagrou-se campeão catarinense em 1968. Dois anos depois levantou a taça com Ferroviário, de Tubarão, e em 1971 foi mais uma vez campeão com o América, de Joinville.

Lauro Búrigo dexia quatro filhos e netos | Foto Arquivo Pessoal

Búrigo se destacou ainda no Figueirense e no Avaí, além de passagens por outros times de Santa Catarina. Após se aposentar dos gramados, participou de programas esportivos e atuou como comentarista.

Sua última aparição pública foi na festa de encerramento do Campeonato Catarinense deste ano, quando foi homenageado pela Associação dos Clubes de Futebol Profissional de SC e pela Federação Catarinense de Futebol.

A última aparição pública de Lauro Búrigo foi na festa de encerramento do Campeonato Catarinense deste ano | Foto MafaldaPress

O corpo de Lauro Búrigo será velado a partir das 8h no Cemitério do Itacorubi, em Florianópolis, e o sepultamento está marcado para às 16h30 desta quinta-feira (25). Ele deixa quatro filhos e netos.

Quer receber as notícias no WhatsApp?