Clubes do futebol catarinense manifestaram em seus sites e redes sociais o pesar pela morte do ex-técnico Lauro Búrigo. Aos 83 anos, um dos maiores nomes do esporte estadual não resistiu a uma parada cardiorrespiratória e faleceu nesta quarta-feira (24) em Florianópolis

O Figueirense, onde Lauro teve grandes momentos, destacou que “ele estará para sempre marcado na gloriosa história alvinegra”. Em seu site, lembrou que o treinador teve “11 passagens pelo Estreito, comandou o Furacão em 373 jogos, onde acumulou 165 vitórias e 110 empates, além de 98 derrotas. No clássico da capital, liderou o time em 41 oportunidades”.

Búrigo contribuiu para os títulos da Copa Santa Catarina e de Super Campeão da Copa Santa Catarina, ambos em 1996, além da conquista do Campeonato Catarinense de 1974.

O Avaí relembrou em seu portal que Lauro Búrigo “foi o técnico campeão em 1994, na segunda divisão de Santa Catarina e vice-campeão Catarinense em 1985, em decisão com o Joinville, em Itajaí”.

Lauro Búrigo se destacou em vários clubes de Santa Catarina | Foto Arquivo Pessoal

Minuto de silêncio

A Federação Catarinense de Futebol (FCF) decretou luto no futebol catarinense. Em seu site, listou os 17 clubes por onde o Velho Bruxo passou: Comerciário, Metropol, Ferroviário, América, Juventus, Figueirense, Avaí, Palmeiras, Criciúma, Carlos Renaux, Marcílio Dias, Joinville, Hercílio Luz, Paysandu, Brusque, Chapecoense e Inter de Lages. Também atuou no futebol paranaense no Londrina e na dupla Atlético e Coritiba.

Antes da partida Concórdia x Camboriú, válida pelo Campeonato Catarinense da Série B nesta quinta- feira e antes de todas as partidas realizadas em Santa Catarina no próximo fim de semana será respeitado um minuto de silêncio em memória de Lauro Búrigo.

Quer receber as notícias no WhatsApp?