Irmão de Filipe Luís, Luis Claudio destacou a vontade da família em revelar outro grande jogador da cidade para o mundo | Foto: Eduardo Montecino/OCP News
Irmão de Filipe Luís, Luis Claudio destacou a vontade da família em revelar outro grande jogador da cidade para o mundo | Foto: Eduardo Montecino/OCP News

Com o mundo do futebol gerando cada vez mais investimento, muitos meninos sonham em um dia virar um astro no esporte para assegurar um futuro de sucesso na vida. O caminho não é fácil, ainda mais em uma cidade de interior como Jaraguá do Sul.

Porém, há talentos de sobra no município e em toda região do Vale do Itapocu, que buscam em algumas escolinhas uma forma de alcançar o objetivo.

Pensando nisso, o maior exemplo jaraguaense bem-sucedido nos gramados está perto de abrir o próprio centro de treinamento em sua terra natal.

Juntamente com a família, o jogador da seleção brasileira e do Atlético de Madrid (ESP), Filipe Luís, lançará um novo projeto na cidade em 2019, focado na revelação de novos talentos no futebol e na formação de um bom cidadão.

Junto com a escolinha, família Kasmirski irá inaugurar um novo centro esportivo, projetado pelo arquiteto Giorgio Bayer (ao fundo)| Foto Eduardo Montecino/OCP News

Seja para um grande clube do país ou até mesmo um início de carreira no Juventus, a ideia do lateral-esquerdo e familiares é dar oportunidade a novas joias de se tornar um jogador profissional.

“Tem muitas crianças que começaram a gostar de futebol por eu ter tido a oportunidade de ir para Copa do Mundo, jogar pela seleção e ter uma boa carreira. Então meu objetivo agora é que Jaraguá não pare por aí. Quero que a cidade revele muitos jogadores e seja uma boa escola de futebol. É possível e temos um projeto excelente”, disse Filipe.

Para ter sucesso na empreitada, a família Kasmirski investirá na construção de um amplo centro esportivo, no bairro São Luís, que permitirá o desenvolvimento de novos jogadores.

Após visitas a diversos centros esportivos pelo país, o pai de Filipe Luís, Moisés Kasmirski, e o irmão Luís Claudio decidiram pela instalação de três campos com dimensões oficiais de futebol society e o mesmo tipo de grama utilizada na Arena da Baixada, estádio do Atlético-PR.

Esboço do projeto | Foto Eduardo Montecino/OCP News

Somado a outros serviços, o local situado na rua Carlos Tribess, próximo ao Arroz Urbano, já teve início de suas obras e tem previsão de término para julho de 2019, período em que Filipe estará de férias e marcará presença na inauguração.

“Queremos dar espaço para surgimento de novos craques e contribuir para que estas crianças cresçam em um meio bom, longe das drogas e do mau caminho. Depois disso, o objetivo é garimpar um novo Filipe para formar estes novos atletas”, destacou Moisés Kasmirski, pai de Filipe Luís.

A expectativa é de que a escolinha comece atendendo de 200 a 500 alunos, de 6 a 14 anos, sendo que as formas de inscrições deverão ser divulgadas no início do ano que vem.

O professor também não foi revelado, mas é certo que virá alguém conceituado e que passará um tempo na Europa para colher o máximo de detalhes sobre a formação europeia, que possam ser implementadas em Jaraguá.

“É um sonho de toda família. Queremos ver um novo Filipe surgindo na cidade, porque nossa região é rica em talentos no futebol e muitos não tem oportunidade. Jaraguá é muito bom no futsal, mas também dá para ser no campo”, declarou o irmão Luís Claudio.

Centro Esportivo

Cidade em que Filipe Luís reside atualmente, Madrid foi a grande inspiração da família para construção de um centro esportivo em Jaraguá do Sul. Por lá, é comum encontrar complexos que reúnem escolinhas, outros esportes e serviços. Aqui, não será diferente.

Entrada do centro esportivo | Foto: Eduardo Montecino/OCP News

Além dos três campos, o investimento também prevê uma quadra de areia para prática de futevôlei, beach tennis e vôlei, estacionamento aberto e coberto, oito vestiários, playground, loja de produtos de futebol, quiosques multi uso e bares temáticos. Com isso, haverá a escolinha de futebol e a disponibilidade de aluguel para quadras e áreas de festas.

“Tivemos um grande desafio que foi adaptar todo projeto ao terreno proposto, que é em curva e morro, trazendo uma coisa bem moderna e conceitual relacionada a esporte para o CT. Vai ser um ambiente bem completo em relação a centro esportivo a nível nacional”, explicou o arquiteto responsável pelo centro esportivo, Giorgio Bayer.

Apoio de clubes

Depois de surgir profissionalmente no Figueirense, Filipe Luís foi para Europa e com o passar do tempo se consolidou como um dos melhores laterais do mundo. Mas para chegar ao time da capital catarinense, o caminho foi árduo e de muita insistência, tanto do jogador como da família.

Para facilitar essa ponte entre atleta/clube, o jogador e o pai Moisés já tem parceria firmada com o próprio Figueira, onde encaminharam alguns jovens da região nos últimos anos. Com a abertura do centro esportivo, os vínculos só tendem a aumentar.

“Temos projetos maiores, com empresários e com possibilidade de sair fora do Brasil no momento que for maior de 18 anos. Então é um projeto único em tudo que a cidade já teve até hoje”, afirmou Filipe. “É um projeto sem ânimo de lucro e sim de poder ajudar e levantar o nome da cidade que eu amo”, completou.

VEJA TAMBÉM: "Tenho pesadelos até hoje", diz Filipe Luís sobre eliminação do Brasil na Copa

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?