Dedicação e conquistas: o momento histórico das lutas em Jaraguá do Sul

Dedicação e conquistas: o momento histórico das lutas em Jaraguá do Sul Dedicação e conquistas: o momento histórico das lutas em Jaraguá do Sul

Esporte

Por: Lucas Pavin

quinta-feira, 09:46 - 04/10/2018

Lucas Pavin

Quando falamos do esporte em Jaraguá do Sul, logo vem à tona os nomes do Jaraguá Futsal e Juventus, equipes profissionais que mexem com as maiores paixões de grande parte dos brasileiros: o futsal e futebol.

De fato, o currículo recheado de títulos do aurinegro e a história cinquentenária do tricolor chamam a atenção.

Mas, as atrações esportivas não se resumem a isso. Com o passar do tempo, a cidade vem comemorando feitos em diversas modalidades. E nesta temporada, não há como negar que as artes marciais vivem seu momento mais especial, enchendo os jaraguaenses de orgulho.

São vários estilos de luta em atividade, que alternam fases vencedoras durante os últimos anos, mas duas em especial passam por seu momento auge na história: as Artes Marciais Mistas (MMA) e o taekwondo.

Não é para menos. Somente em 2018, Jaraguá do Sul teve atletas somando resultados expressivos a nível estadual e até internacional, em ambas as modalidades.

No MMA, por exemplo, Taila Santos chegou ao UFC – maior organização de lutas do mundo -, Willian Lima caminha a passos largos para o mesmo objetivo ao estar invicto no octógono, e Leandro da Veiga se consolidou no WGP – maior evento de kickboxing da América Latina.

E para chegar ao status atingido atualmente, o trio passou por um processo de iniciação com o mesmo professor, tratado como uma lenda viva no esporte da cidade.

Pai de Taila, Gilson Caetano (D) é um dos ícones do MMA da cidade I Foto: Eduardo Montecino/OCP News

Pai de Taila, Gilson Caetano foi o pioneiro em trazer o muay thai para Jaraguá há quase 30 anos.

Mesmo sem grandes recursos, o treinador viajava de madrugada para Joinville, três vezes por semana, para adquirir conhecimento com o mestre Júnior Aguiar, e gradativamente adequar outros estilos aos treinos. Hoje, ele vê todo esforço valer a pena ao ter seus pupilos em evidência no MMA.

“Jaraguá do Sul está se tornando um polo da arte marcial e chegamos a esse patamar por fazer o esporte com amor. Eu queria isso como lutador, mas como não consegui, e tentei implementar na cabeça dos meus alunos. Então fico muito feliz pelo momento da Taila, Willian e Leandro. Jaraguá do Sul só tem a ganhar com isso e o MMA precisa ser visto com mais carinho, porque é um esporte que forma pessoas de caráter”, disse.

Já o taekwondo, iniciado em 1992 no município, passou por uma evolução em 2006 com a fundação do Instituto Mestre Allan (IMA).

Mas após um trabalho de iniciação e formação de atletas já consolidado por alguns professores na cidade, como Allan Siqueira e Helton Berthi, a modalidade ganhou em 2017 o reforço de peso da multicampeã nos tatames, Alessandra Trevisan, que iniciou um trabalho focado em resultados.

Alessandra Trevisan e Mestre Allan alavancaram o taekwondo em Jaraguá | Foto: Eduardo Montecino/OCP News

E não deu outra. Somado ao apoio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, o taekwondo jaraguaense vem acumulando medalhas em eventos estaduais e brasileiros, dando sinais de um futuro ainda mais vencedor no esporte.

“Esses resultados estão aparecendo devido a um trabalho mais profissional. Antes, os atletas não treinavam com tanta frequência e hoje se dedicam todos os dias, pois estão vendo a oportunidade de um futuro dentro do esporte. A cidade está no âmbito nacional e internacional, e quanto mais as artes marciais se unirem, mais longe vamos chegar”, destacou Trevisan, ex-atleta da seleção brasileira.

Atletas destaque

Taila Santos

Foto: Eduardo Montecino/OCP News

Idade: 25 anos
Categoria: MMA/Peso-mosca (até 57kg)
Conquistas: Primeira jaraguaense a chegar ao UFC, campeã do Aspera FC, nacional de boxe e paranaense de muay thai. Cartel invicto no MMA profissional após 15 lutas.
Próximo objetivo: Manter-se invicta no MMA e conquistar o cinturão de sua categoria. Próxima luta sem data definida.

Impressões da atleta: “A satisfação é imensa. O tamanho deste sonho é inexplicável e a emoção por ter chegado onde almejei, com muito trabalho duro e dedicação. Estou bem preparada para alcançar todos meus objetivos dentro do UFC, como conquistar o cinturão. Agora é uma realidade e só o começo de muitos desafios que virão”.

SAIBA MAIS: Jaraguaense garante vitória em Las Vegas e fecha contrato com o UFC

Willian Lima

Foto: Eduardo Montecino/OCP News

Idade: 21 anos
Categoria: MMA/Peso-galo (até 61kg)
Conquistas: Cartel invicto no MMA profissional após 9 lutas. Campeão brasileiro de muay thai e catarinense de jiu-jitsu.
Próximo objetivo: Manter-se invicto no MMA para chegar ao UFC. Próxima luta sem data definida.

Impressões do atleta: “Chegar ao UFC é um sonho, meu maior objetivo e eu quero vencer tanto na luta quanto na vida. Sinto que nasci para lutar e estou me preparando cada vez mais para chegar no UFC. Acho que foi uma “coincidência” esses atletas estarem em destaque ao mesmo tempo. Porque a cidade não tem apoiado e não tem feito parte das nossas carreiras”.

VEJA MAIS: Com nocaute relâmpago, Willian Lima aniquila paranaense e segue invicto no MMA

Leandro da Veiga

Foto: Eduardo Montecino/OCP News

Idade: 23 anos
Categoria: Kickboxing e Muay Thai/Peso-leve (até 64kg)
Conquistas: Contrato assinado com o WGP – maior evento de kickboxing da América Latina. Campeão brasileiro, catarinense e paranaense de muay thai, campeão brasileiro e catarinense de kickboxing.
Próximo objetivo: Pan-Americano de Muay Thai, nos dias 26, 27 e 28 de outubro, no Suriname.

Impressões do atleta: “Se Jaraguá chegou a esse patamar foi pelo esforço dos atletas que correram atrás, porque apoio foi sempre complicado e muito pequeno na cidade. Tirando essa parte, o Gilson Caetano foi fundamental no começo da minha trajetória, como para Taila e para o Willian. Muitas pessoas não viam a luta como trabalho e estamos provando que dá para viver da luta e tornar seus sonhos em realidade”.

VEJA MAIS: Jaraguaense vence luta e se consolida no WGP de kickboxing

Emanoella Yang Siqueira

Foto: Divulgação

Idade: 17 anos
Categoria: Taekwondo/Até 63kg
Conquistas: Campeã catarinense, vice-campeã brasileira escolar e Joguinhos Abertos de Santa Catarina, bronze no brasileiro juvenil e 5ª colocada no brasileiro adulto com apenas 17 anos.
Próximo objetivo: Copa Santa Catarina, no dia 10 de novembro.

Impressões da atleta: "Todas essas conquistas são importantes para conseguir experiência e me ajudam a seguir em frente. Consigo perceber o quanto estou evoluindo com essas medalhas e participações em eventos estaduais e nacionais, juntamente com a nossa equipe, apoiadores e a técnica Alessandra Trevisan. Ela vem ajudando muito com toda sua experiência e passa muita confiança para nós atletas"

LEIA MAIS: Atletas de Jaraguá do Sul levam SC ao pódio do Brasileiro de Taekwondo

-

Quer receber as notícias no WhatsApp?

×