Depois de vencer a Jamaica na estreia da Copa do Mundo, a seleção brasileira feminina de futebol deu a entender que encaminharia sua classificação ao mata-mata após abrir 2 a 0 sobre a Austrália na tarde desta quinta-feira (13).

Mas após falhas cruciais e um gol contra, o Brasil viu a seleção australiana virar para 3 a 2, no Stade de la Mosson, em Montpellier-FRA, frustrando a primeira aparição da craque Marta no Mundial.

Recuperada de uma lesão na coxa esquerda, a camisa 10 foi titular do técnico Vadão e abriu o placar aos 26 minutos do primeiro tempo, em cobrança de pênalti.

Marta na comemoração do gol | Foto Reuters

Com o gol, a melhor jogadora do mundo se igualou ao alemão Klose ao balançar as redes 16 vezes em Copas e se tornou a primeira, entre homens e mulheres, a marcar em cinco Mundiais diferentes.

Mesmo com a Austrália pressionando em busca do empate, o Brasil aumentou a vantagem, aos 37, com Cristiane que chegou ao quarto gol no Mundial. A reação das australianas começou ainda antes do intervalo, com Foord marcando nos acréscimos.

Cristiane deixou mais uma vez sua marca | Foto Reuters

No segundo tempo, a Austrália foi para a pressão e acabou virando o placar, com dois gols inusitados. O primeiro de Logarzo, em uma tentativa de cruzamento, aos 12 minutos, e o segundo da brasileira Mônica, contra, aos 23, que decidiu o triunfo.

Com o primeiro revés na Copa, o Brasil permanece na liderança do Grupo C, com três pontos, mas pode ser ultrapassado pela Itália, que ainda joga com a Jamaica no complemento da segunda rodada nesta sexta-feira (14). Derrotada pelas italianas na estreia, a Austrália também chegou aos três pontos.

A seleção de Vadão volta a campo na próxima terça-feira (18), quando enfrenta a Itália, em Valenciennes. No mesmo dia, as australianas encaram a Jamaica.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?