O Avaí emitiu nota oficial na tarde desta segunda-feira (7) anunciando as medidas adotas em relação aos jogadores Ralf, Airton, Jonathan e Ronaldo que se envolveram em confusão na noite deste domingo (6) em Florianópolis. Os jogadores foram multados e estão afastados por tempo indeterminado.

Vídeos que circularam nas redes sociais mostraram integrantes de torcida organizada agredindo os jogadores, quando eles deixavam uma casa noturna na região central da Capital.

Ao mesmo tempo em que garante apoio jurídico aos atletas nas ações contra os agressores, a diretoria avaiana expõe sua contrariedade quanto ao comportamento dos jogadores, por desrespeitarem os protocolos interno da Covid-19.

Confira a nota

O Avaí F.C., vem a público se manifestar sobre as absurdas agressões com alguns atletas ocorridas no dia 06/12/2020, por volta das 21 horas, repudiando, veementemente, qualquer ato de violência ou ameaça física ou verbal para com seus integrantes do quadro de futebol.

Por outro lado, o Avaí F.C. entende que estes atletas descumpriram uma orientação do departamento médico (Protocolo interno da COVID-19) e não respeitaram o isolamento social, além dos cuidados necessários para evitar o contágio exigido pelas autoridades sanitárias, podendo trazer sérios riscos para o ambiente de trabalho.

Assim, o clube tomou as seguintes medidas internas necessárias para o momento:

  1. Os atletas terão toda a assistência do clube relacionadas às agressões sofridas;
  2. Os atletas serão afastados de suas atividades no clube por tempo indeterminado;
  3. Os atletas serão multados em seus salários com pagamento de multa;
  4. O clube reforçará que o grupo de atletas cumpra o que foi determinado pelas autoridades de saúde.

A DIRETORIA

 

Confira os vídeos

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp